Nas Bancas

Rubim Fonseca esclarece vídeo polémico

O empresário defendeu que a ideia “foi fazer um vídeo divertido, cómico e tão ridículo de forma a tornar-se viral”.

Redação CARAS
26 de maio de 2012, 15:28

Depois do vídeo a promover o seu novo projeto ter gerado polémicae enfrentado algumas acusações de incitar à violência doméstica, Rubim Fonseca e a mulher, Mónica Sofia, quiseram esclarecer asituação. “Não compreendemos esta onda depolémica que estão a querer criar visto se tratar de um vídeo com intençõescómicas, brincando com o nome do portal que se chama vaibater.com. O vídeo estáa ser um sucesso e a opinião generalizada é positiva”, disse o empresário àCARAS, acrescentando ainda: “Existemmilhares de pessoas a gostar, algumas dezenas de pessoas (das quais respeitamosa opinião) que falam de incentivo à violência doméstica, o que, a nosso ver, éabsurdo tendo em conta a quantidade de filmes, sketchs humorísticos e outraspublicidades que brincam com estes assuntos sem qualquer tipo de julgamentonegativo”.
Em causa está um vídeo promocional ao sitevaibater.com, no qual a cantora aparece em lingeriea provocar o marido, que acaba por dar-lhe uma cabeçada e sair de casa. “A nossa intenção foi fazer um vídeodivertido, cómico e tão ridículo de forma a tornar-se viral. O nosso objetivoestá ser atingido, o facto de termos milhares de seguidores a rir e outros adizer que não gostam (pelos mais variados motivos, que respeitamos) faz com queeste seja partilhado e envolto em alguma discórdia e polémica. Apesar desabermos que isso poderia acontecer, esse nunca foi o nosso objetivo pois paranós o vídeo é ridículo demais para ser levado a sério”, referiu RubimFonseca num comunicado enviado à CARAS esta sexta-feira, 25 de maio, quando ovídeo já tinha atingido mais de 100 mil visualizações.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras