Nas Bancas

Jada Pinkett Smith com a mãe, Adrienne Banfield Jones

Jada Pinkett Smith com a mãe, Adrienne Banfield Jones

Getty Images

Mãe de Jada Pinkett Smith admite que consumiu drogas quando a filha era pequena

Adrienne Banfield Jones confessou que consumiu drogas desde o nascimento da filha até à sua adolescência.

Redação CARAS
15 de maio de 2012, 17:40

Jada Pinkett Smith sentou-se à conversa com a mãe, Adrienne Banfield Jones, e com a filha, Willow, de 11 anos, para um vídeo feito para o Dia da Mãe, que nos Estados Unidos se comemorou no passado domingo, dia 13 de maio. Numa conversa intimista, Adrienne contou à neta que consumiu drogas pouco tempo depois de ter sido mãe: "Tive a tua mãe [Jada] quando era muito nova e fiquei viciada em drogas depois dela nascer. Foram tempos muito difíceis e nós não tivemos o tipo de vida que tu tens agora. Eu consumi drogas até a tua mãe ter uns 17, 18 anos. Isso é muito tempo".
A atriz, no entanto, prova que não está ressentida com a mãe. "Não vejo a experiência que tivemos como má. Transformei isso tudo em poder e usei essas coisas como motivação", disse.
O vídeo, chamado Red Table Talks, foi feito pela produtora de Will Smith, marido de Jada Pinkett, e mostra as três gerações de mulheres a falarem sobre a sua relação. A filha de Will e Jada Pinkett Smith também participa afirmando que, se pudesse mudar alguma coisa na sua vida, deixava de ser famosa.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras