Nas Bancas

Luxo, sofisticação e requinte em noite de gala inspirada na princesa Grace Kelly

“Grace Kelly foi sempre uma inspiração e uma referência para mim.” (Gilda Paredes Alves)

Redação CARAS
29 de abril de 2012, 18:00

Seduzidas pela curiosidade, algumas caras conhecidas marcaram presença no cocktail e jantar de apresentação da nova coleção de joias da Montblanc inspirada em Grace Kelly, princesa do Mónaco, e que teve lugar no hotel Ritz, em Lisboa. A manequim Helena Coelho foi convidada para apresentar o evento e mostrou-se deslumbrada com as peças que teve oportunidade de usar por uma noite. “Grace Kelly é uma referência de elegância e simplicidade, mas também de grande sofisticação, classe e beleza. Hoje, todo o meu look é inspirado nela. Estas joias são tão bonitas! É uma honra poder usá-las”, confessou a manequim, explicando: “Esta é uma coleção muito bem conseguida, inspirada na rosa que foi oferecida à princesa do Mónaco no dia do seu casamento com o príncipe Rainier e que, segundo ela, foi o presente mais perfeito que alguma vez lhe ofereceram.”
Fascinada pela história da princesa e uma apaixonada por joias, Gilda Paredes Alves não perdeu a oportunidade de ficar a conhecer esta nova coleção: “As joias são de uma beleza... Estou encantada e fascinada. Só o nome Grace Kelly diz tudo. Ela foi sempre uma inspiração e uma referência para mim. Acompanhei a sua vida e sempre foi uma mulher muito bonita e elegante. Por isso, fiz questão de estar aqui hoje nesta apresentação.” Para a madeirense, “estas ocasiões são também uma oportunidade de reencontrar alguns amigos e confraternizar um pouco, mas com glamour, explicou. Da mesma opinião é Isabel Angelino, que considera até que “há poucas noites de gala no nosso país” e defende que “deveriam existir mais eventos deste género, não para as pessoas conviverem, mas também com toda esta envolvência mais chique e elegante”. A apresentadora confirmou que gosta de receber joias de presente, mas que gosta igualmente de as oferecer ao marido, Ângelo Rebelo. Por seu lado, o cirurgião plástico admitiu que gosta que seja a mulher a escolher as peças que ele próprio usa: “Não preciso de perder a cabeça com acessórios para mim, porque a Isabel trata de a perder por mim. Ela escolhe e eu confio no bom gosto dela. Admito que para mim isso é um grande alívio, já que tenho muita coisa em que pensar.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras