Nas Bancas

jennifer 2.jpg

Getty Images

Jennifer Hudson testemunha em tribunal

A atriz testemunhou no caso da morte dos seus familiares que foram assassinados em outubro de 2008.

Redação CARAS
25 de abril de 2012, 18:11

William Balfour, de 30 anos, está a ser julgado pela morte de Darnell Donerson, Jason Hudson e Julian King, respetivamente mãe, irmão e sobrinho de Jennifer Hudson e a atriz emocionou-se quando testemunhou neste caso.
O homem foi casado com a irmã da atriz, Julia Hudson, e é alegadamente responsável pela morte dos seus familiares que foram assassinados a 24 de outubro de 2008. Julia foi casada com William Balfour e este ter-se-á vingado depois da relação ter terminado.
"Ninguém, nem eu, nem a minha mãe, nem o meu irmão gostávamos da forma como ele tratava a minha irmã, e eu não gostava da forma como ele tratava o meu sobrinho", afirmou a atriz em tribunal. "Disse-lhe [à irmã] vezes sem conta para ela não se casar com William", acrescentou.
A irmã de Jennifer Hudson também testemunhou neste caso confessando que o réu a tinha ameaçado: "Ele disse-me: 'Se me deixares, eu mato-te. Primeiro mato a tua família e depois mato-te a ti. Serás a última a morrer'".
Caso seja condenado, William Balfour pode ser sentenciado a prisão perpétua.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras