Nas Bancas

António-Pedro Vasconcelos apoiado pela família

O realizador participou no Festival Grant’s True Tales, no teatro Tivoli, em Lisboa e, na plateia estava a filha, Patrícia Vasconcelos, a neta, Laura, de oito anos e a mulher, Teresa Schmidt.

Redação CARAS
25 de abril de 2012, 15:00

"O meu pai é um eterno contador de histórias e passou isso aos filhos. Ele tem sempre histórias sobre tudo", revelou Patrícia Vas­concelos sobre o pai, António-Pedro Vasconcelos.
O realizador participou Festival Grant’s True Tales - no qual figuras públicas contaram histórias da sua vida -, no Teatro Tivoli, em Lisboa e con­tou com o apoio da família.
Laura, de oito anos, filha de Patrícia, afirmou gostar muito das histórias do avô, a quem já fez um pedido especial. “Gosto muito de contar anedotas e histórias e fico contente que a Laura goste de as ouvir! Ela disse-me que queria entrar num filme e até escolheu o tipo de papel e como queria fazê-lo”, admitiu o realizador, que partilhou com o público a história de uma operação que fez ao coração há cerca de três anos.
Ter a filha, a neta e a mulher, Teresa Schmidt, na plateia foi “muito importante”, referiu António-Pedro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras