Nas Bancas

Júlia Pinheiro e Rui Pêgo

Júlia Pinheiro e Rui Pêgo

Nuno Miguel Sousa

Júlia Pinheiro lembra os tempos em que se apaixonou

A apresentadora contou como o marido, Rui Pêgo, teve de batalhar para a conquistar, há 27 anos.

Redação CARAS
6 de abril de 2012, 11:00

Após 27 anos de união, Júlia Pinheiro continua a ficar arrepiada com a voz do marido, Rui Pêgo, diretor de Programas da RDP, quando o ouve na rádio. O casal esteve na festa do 25.º aniversário da RFM, no espaço TMN, em Lisboa, e recordou os tempos em que se apaixonou. “Quando o nosso amor começou, eu estava ainda na Rádio Renascença e ele na RFM, só depois passei para a RFM. Já o ouvia antes de o conhecer. E o que me encantou logo nele foi a voz e persistência. Mas ele era muito antipático, quando queria... e era também muito amoroso. Não fui eu que o conquistei, ele é que me conquistou, ele é que andou atrás de mim. Primeiro teve de batalhar um pouco e depois, pronto... até hoje e já lá vão 27 anos. A voz do Rui ainda me encanta muito e ainda hoje, quando o oiço, me arrepio”, contou a apresentadora.
Entretanto, Júlia Pinheiro prepara-se para ser ‘avódrasta’, como gosta de dizer. A enteada, Sofia, de 34 anos, fruto de um anterior casamento de Rui Pêgo, está grávida de seis meses e a apresentadora está radiante: “Estamos todos muito contentes e felizes. Já estamos ansiosos para ver a carinha dela, que nasce no final de junho. Não estou preparada para voltar às fraldas, porque isso é para a mãe dela. Comigo é só para os mimos e disparates.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras