Nas Bancas

Cristina Ferreira revela os segredos da sua elegância

A apresentadora confessa ser uma mulher com um estilo 'mais clássico' e 'descontraído', mas quando está em frente às câmaras de televisão não tem medo de arriscar na escolha da toilete.

Marta Mesquita
1 de abril de 2012, 11:00

Cristina Ferreira não se considera um ícone da moda nacional, mas a verdade é que as suas opções de visual, seja para o programa Você na TV seja para A Tua Cara Não me É Estranha, são seguidas e comentadas pelo público. Apesar de no seu dia-a-dia se considerar uma mulher com um “estilo mais para o clássico” e “descontraído”, quando está à frente das câmaras, a apresentadora não tem medo de arriscar e opta muitas vezes por toilettes cheias de brilho, que se destacam pela mistura de materiais.
Cristina esteve à conversa com a CARAS sobre a relação que tem com a moda e revelou alguns dos segredos do seu guarda-roupa em A Tua Cara Não me É Estranha.
– Como é que seleciona as toilettes que usa em cada programa?
Cristina Ferreira
– É um trabalho feito em conjunto com a chefe de guarda-roupa da TVI, Dora Rogério, e andamos sempre à procura daquilo de que gosto e que me fica bem. Tenho usado vestidos da Veste Couture, mas também já usei Stivali, Micaela Oliveira...
– Acha que já se tornou um ícone de estilo nacional?
– Não, mas o  público gosta de ver o que vou usar no programa e inundam a minha página de Facebook de mensagens. E eu publico fotos de um pormenor ou outro para aguçar a curiosidade. É natural que o público espere que num programa como este a apresentadora esteja bem vestida. As pessoas sabem que tenho uma loja de roupa, a Casiraghi Forever, e pedem-me muitas dicas, por isso é que vou abrir uma página no Facebook para a loja. Há pessoas que me dizem que a primeira coisa que fazem é ligar a televisão para ver como estou vestida. Quando era miúda, também tinha curiosidade para ver o que as apresentadoras iam usar.
– Como define o seu estilo?
– Tenho o meu próprio estilo, que tem sido alterado ligeiramente desde que trabalho em televisão e fui percebendo aquilo de que gostava. Muitas vezes arrisco naquilo que visto e ando ali no limite. Por exemplo, há dias em que vou para o programa da manhã como se fosse para uma festa à noite, porque gosto desse contraste. Tudo depende do meu estado de espírito e das situações que vamos ter nessa emissão.
– E prefere os vestidos longos ou curtos?
– Acho que os vestidos longos se impõem mais do que os curtos. Um vestido curto, para ser deslumbrante, tem de ser realmente muito bonito. Por isso é que para estes programas da noite prefiro os vestidos compridos, porque têm um outro envolvimento e são mais fáceis de encontrar.
– Recentemente usou um vestido igual a um que vimos em Kate Middleton...
– É verdade! Vi-o na Veste Cou­ture e aquele vestido dis­se-me qualquer coisa. Depois, soube que era um modelo igual ao da Kate Middleton, mas numa cor diferente. E eu disse que se a princesa usou, eu também tinha de usar! [risos] Fiz questão, porque achei muito engraçado termos o mesmo modelo que a princesa usou à venda em Portugal.
– A par dos vestidos, a Cristina usa sempre sapatos que se destacam. São a sua peça de eleição?
– Desde sempre que os sapatos são a minha perdição. Cresci com a ideia de que o cabelo bem arranjado e uns bons sapatos no pé fazem toda a diferença numa toilette. São as únicas peças a que não consigo resistir. No domingo, parto dos sapatos e só depois é que escolho o vestido. Faz-me muita confusão não ter os sapatos perfeitos para um vestido. São essenciais para me sentir bem. E já usei Louboutin, Jimmy Choo, Miu Miu, hoje estou a usar sapatos da nova coleção Gil Sousa... E há sapatos que chamam por mim... Vou a passar e eles dizem: “Cristina, Cristina...” [risos] E depois tenho de ir atrás deles!
– E como é que gosta de se vestir no seu dia-a-dia?
– Desde que o Tiago nasceu, o meu estilo tornou-se mais descontraído. E como estou mais sofisticada em televisão, no dia-a-dia uso calças de ganga e botas rasas. Sou um bocadinho como a minha mãe e puxo um bocadinho mais para o clássico, não sou uma modernaça. Aposto em peças básicas, clássicas, que duram mais tempo e que podem ser conciliadas com outras peças, e dou muita atenção aos pormenores.
– E como mantém a boa for­ma? É adepta das dietas?
– Não consigo... Bem que devia, mas não consigo. Vou ao ginásio para poder comer a seguir. Essa é a minha técnica!
– Há alguma parte do seu corpo que goste de disfarçar?
– Em televisão, o meu corpo ganhou muito volume na parte das ancas, sobretudo quando é transmitido em 16 por 9! Há que disfarçar isso.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras