Nas Bancas

Eleição de elegância da CARAS

O jantar que assinalou a XII edição da Eleição de Elegância CARAS reuniu algumas das mulheres que ficaram nos dez primeiros lugares da lista: Luísa Beirão, Raquel Prates, Sofia Carvalho, Maria João Bastos, Ana Rita Clara e Andreia Dinis.

Cristiana Rodrigues
18 de março de 2012, 02:08

Fotos:Campiso Rocha/João Lima/Mike Sergeant

"Hoje temos aqui uma amostra fantástica do que é a elegância feminina", concluiu a estilista Fátima Lopes assim que entrou no restaurante MoMo, no Casino Lisboa, onde se reuniram algumas das mulheres que integraram a lista de candidatas da XII edição da Eleição de Elegância da CARAS. Sofia Carvalho, com 26% dos votos, conseguiu um honroso primeiro lugar. Aliás, honroso e consensual, pois todas as mulheres presentes elogiaram a elegância, o saber estar, o bom gosto e até o profissionalismo da diretora da SIC Mulher. "Acho uma ótima escolha, a Sofia é realmente uma pessoa muito bonita que tem tido sempre uma postura profissional adequada e que eu tenho o prazer de conhecer pessoalmente. Ela merece este primeiro lugar", declarou a decoradora Maria Barros, que pelo terceiro ano consecutivo integrou a lista das mais elegantes. Dalila Martins, ex-manequim, que não só fez parte da mesma lista como também do júri que escolheu as nomeadas, confessou: "Conheço a Sofia há muitos anos, é uma pessoa impecável, não só exterior como interiormente. Sabe estar bem em qualquer momento do dia, é uma pessoa maravilhosa que faz jus à elegância."

Para a atriz Maria João Bastos, sétima classificada nesta Eleição de Elegância, o primeiro lugar foi muito bem entregue: "Sempre achei a Sofia extremamente elegante, com muita classe e bom gosto, por isso é um primeiro lugar justíssimo." A galerista Raquel Prates, a vencedora do ano passado e que este ano ficou em segundo lugar, com 20% dos votos, afirmou, sem hesitar: “Passei bem o testemunho. A primei­ra coisa que fiz assim que soube que a Sofia tinha ganho foi enviar-lhe uma mensagem de parabéns.” Vincent Termote, diretor ibérico da Nespresso, a quem coube presentear Sofia Carvalho com uma máquina de café, também se mostrou de acordo: “Bonita, loura e certamente inteligente. Pa­rece-me um justo primeiro lugar.” 

Momentos mais tarde, quando se encontrou em palco com as restantes candidatas, avaliou, com humor: “Esta é em dúvida uma oportunidade para estar entre tanta elegância. Não deve ter sido nada fácil decidir as vencedoras.” Joana Shirley, diretora-geral da Estée Lauder e uma das juradas, elogiou a iniciativa da CARAS: “Temos de continuar a valorizar o que temos em Portugal e a verdade é que temos muitas mulheres elegantes e todas elas se enquadram no espírito da Estée Lauder. O resultado não me surpreendeu. Está de acordo com as minhas expectativas.”

Lisonjeada com o elogio ficou a apresentadora Ana Rita Clara, que pela primeira vez integrou as dez mais elegantes: “Foi com muita honra que recebi esta nomeação porque é um grupo de mulheres muito interessante e elegante, não só na forma como se veste, mas sobretudo na forma como está na vida. Estas mulheres são uma referência também para mim.” Admirada com a nomeação ficou também a atriz Andreia Dinis: “Soube da nomeação por acaso, quando folheava a CARAS, e confesso que fiquei mesmo surpreendida. E com o resultado também, pois se para mim já foi surpreendente fazer parte da lista onde constam tantas mulheres elegantíssimas, ter ficado em décimo foi lisonjeador.” A atriz, que interpreta a personagem Anita na novela da SIC, Rosa Fogo, defende que ser elegante é, acima de tudo, “estarmos bem connosco”. Ana Rita Clara concorda: “O mais importante é olharmos para o espelho e gostarmos do que vemos.” Dalila Martins vai mais longe e revela que “a elegância não é só estar bem vestida, não é só a aparência, mas sim a maneira como se fala com os outros, como se está. Não chegar atrasado também é, por exemplo, um atributo da elegância.” Ideia corroborada pela manequim Luísa Beirão, que ficou em oitavo lugar: “A roupa é um complemento, é o que está mais visível, mas ser elegante é uma forma de estar, de encarar a vida.”

À meia-noite, depois deste jantar marcado pela boa disposição, Sofia Carvalho voltou a ser chamada ao palco improvisado no restaurante para lhe serem cantados os parabéns.

Recorde-se que nesta eleição foram registadas 141.223 participações, entre votos através do site e por SMS.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras