Nas Bancas

Luciana Abreu e Yannick Djaló

Luciana Abreu e Yannick Djaló

Divulgação

Luciana Abreu e Yannick Djaló optam pela criopreservação das células estaminais

O casal escolhe BEBÉ VIDA para fazer a criopreservação das células estaminais da segunda filha.

Divulgação
14 de março de 2012, 18:34

Luciana Abreu e Yannick Djaló estão prestes a ser novamente pais de uma menina, e optam por fazer a criopreservação das células estaminais do sangue e do tecido do cordão umbilical com o laboratório BEBÉ VIDA.
O Hospital dos Lusíadas foi a unidade hospitalar escolhida para a realização do parto, altura em que será feita a recolha das amostras do sangue e do tecido do cordão umbilical a criopreservar no laboratório BEBÉ VIDA, no Porto.
“Estamos a viver esta segunda gravidez com muita serenidade, entusiasmo e felicidade e, tal como na primeira, decidimos preservar as células estaminais, pensando sempre em salvaguardar a saúde das nossas filhas. Optar pela BEBÉ VIDA foi uma decisão muito fácil de tomar, principalmente porque se trata de um banco 100% nacional que nos transmite a confiança que necessitamos. Para além da recolha das células do sangue do cordão umbilical, faremos também a criopreservação das células do tecido do cordão umbilical, um novo serviço disponibilizado pela BEBÉ VIDA, que nos dá ainda mais segurança se um dia necessitarmos de utilizar a amostra”, refere Luciana Abreu.
O casal optou pelo serviço de criopreservação de células estaminais do sangue e do tecido do cordão umbilical a 25 anos, que inclui o Plano Protecção de Saúde, válido por 25 anos. Em caso de necessidade de utilização do sangue do cordão umbilical, a BEBÉ VIDA, comparticipará com até 20 mil euros, os custos da terapia celular, de acordo com as doenças abrangidas pelo Plano. O Plano Protecção de Saúde é valido para o bebé e familiares directos (pai, mãe e irmãos) e disponibilizado imediatamente, sem burocracias.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras