Nas Bancas

Adele: "Nunca fui tão feliz como agora. E estou a adorar"

A cantora revela estar a viver uma fase de grande felicidade ao lado do namorado, Simon Konecki.

Redação CARAS
14 de fevereiro de 2012, 16:41

Adele vive um dos grandes momentos da sua vida. Após uma cirurgia às cordas vocais - a seguir à qual não pôde falar durante três semanas - a cantora, de 23 anos, fez um regresso triunfal aos palcos durante a cerimónia de entrega dos Grammy Awards no passado domingo.
A artista foi a grande vencedora da noite arrecadando os seis galardões para que estava nomeada pelo seu trabalho 21, inspirado na relação que lhe deu um grande desgosto amoroso. Mas Adele já está recuperada desse namoro e voltou a encontar o amor.
Simon Konecki, de 37 anos, é o CEO da Drop4Drop, uma empresa que leva água potável aos países em vias de desenvolvimento. "Ele é fantástico. Tem orgulho em mim, mas não lhe interessa o que faço ou o que as outras pessoas pensam de mim. Ele preocupa-se comigo. Acho que não tinha recuperado tão bem da minha cirurgia se não fosse ele", conta a artista à Vogue americana.
Adele é a capa da edição de março da Vogue e em entrevista revela que a paragem provocada pela cirurgia às cordas vocais foi uma espécie de benção. "A minha vida sempre foi um grande reboliço. E, de repente, o barulho na minha vida parou. Porque quando estamos em silêncio, as pessoas à nossa volta também estão. Foi como se estivesse a boiar no mar durante três semanas. Tive tempo para pensar na minha vida. Se não tivesse tido os problemas na voz isso não tinha acontecido. Agora sinto-me em paz e realmente orgulhosa de mim mesma. Nunca tinha apreciado as coisas que consegui alcançar até agora. Toda a minha vida mudou radicalmente nos últimos 10 meses. Nunca fui tão feliz como agora. E estou a adorar", conta.
E ao contrário do que se podia esperar, que Adele fosse para estúdio preparar o seu próximo álbum de êxitos, a cantora revela que quer parar durante uns tempos. "Vou tirar quatro ou cinco anos. Se estou constantemente a trabalhar as minhas relações falham. Assim tenho tempo para fazer um álbum alegre. E estar apaixonada e ser feliz. E depois não sei o que quero fazer. Casar-me. Ter filhos. Plantar legumes", confessou.
Adele explica porque não tem pressa de apresentar um novo trabalho: "Estou nisto a longo prazo, mas não vou fazer música nova até ser melhor do que 21. Não espero vender tantos álbuns, mas não quero apresentar algo que seja uma porcaria. Além disso, não tenho nada sobre que escrever! Teria de mentir e isso vai contra tudo o que tenho vindo a construir. Por isso, devo precisar de pelo menos uns três anos para escrever o próximo álbum".

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras