Nas Bancas

Margarida Prieto recebe apoio da família ao apresentar exposição

A curadora organizou a exposição do artista plástico Cohen Fusé, no Centro Cultural de Cascais.

Redação CARAS
28 de janeiro de 2012, 18:01

Apesar de já ter sido curadora de diversas exposições, nomeadamente de escultura urbana e fotografia, Margarida Prieto nunca o tinha feito em relação à pintura. Por isso, assim que recebeu o convite do artista plástico Cohen Fusé para organizar a exposição Instintos Oníricos, que foi inaugurada no passado dia 13 no Centro Cultural de Cascais, Margarida aceitou de imediato. “Já conhecia o trabalho do artista, somos amigos e é muito fácil trabalhar quando a obra é boa e o espaço magnífico. O Luís é um pintor muito perfeito e gosto muito do seu trabalho. Estou realmente muito satisfeita”, explicou a curadora, que falou ainda da importância da presença da sua família nesta noite em que o trabalho foi apresentado: “O apoio da família é o mais importante de tudo e eles são muito queridos, fazem sempre questão de me apoiar e eu faço o mesmo por eles. Temos muito orgulhoso uns nos outros."
Para o pintor argentino radicado no Estoril há mais de 30 anos, esta foi também uma estreia, já que nunca tinha exposto em Cascais: “Esta é a primeira vez que exponho nesta vila e este é um momento muito importante. Estou bastante tranquilo, mas muito expectante em relação à reação das pessoas, que variam bastante, sobretudo quando se pinta de uma forma figurativa, como é o meu caso. Esta exposição é também uma forma de mostrar que somos todos feitos de culturas diferentes, mas todos iguais.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras