Nas Bancas

Nova investigação sobre a morte de Natalie Wood confirma tese de acidente

A atriz norte-americana morreu afogada quando se encontrava num iate, na baía de Los Angeles, em 1981.

Redação CARAS
11 de janeiro de 2012, 17:27

Há dois meses, a notícia da reabertura da investigação sobre a morte de Natalie Wood revelou-se surpreendente, pois poderia divulgar novos factos sobre a morte da atriz, que morreu afogada quando se encontrava num iate, na baía de Los Angeles, em 1981. No entanto, segundo o jornal Los Angeles Times, a nova investigação veio confirmar a tese de acidente que as autoridades tinham determinado em 1981.
O caso foi reaberto depois da polícia ter sido contactada por algumas pessoas que afirmavam ter “informações adicionais” sobre a causa da morte da atriz. Também Dennis Davern, comandante do barco em que Natalie viajava, concordou com a abertura da investigação, pois relatou a história do incidente no livro Goodbye Natalie, Goodbye Splendour, escrito pelo seu amigo Marti Rulli e publicado em 2009. A tese do capitão, também defendida pela irmã da atriz norte-americana, Lana Wood, afirmava que a morte de Natalie Wood teria acontecido devido a uma desavença com o seu marido, Robert Wagner.
Segundo o inspetor-chefe William McSweeney, as entrevistas e o trabalho de análise não mostraram evidências que sustentem a tese de homicídio. “Neste momento, é uma morte acidental”, declarou, acrescentando que o processo continuará aberto para esclarecer os factos em definitivo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras