Nas Bancas

Maria Roseta acredita que será feita justiça

A técnica superior da Segurança Social, que presta serviço nos serviços prisionais, acusa Paco Bandeira de violência doméstica.

10 de janeiro de 2012, 18:49

No final da segunda sessão de julgamento, que decorreu hoje, dia 10 de janeiro, às 14h00, no Tribunal de Oeiras, Maria Roseta Ferreira, ex-mulher de Paco Bandeira afirmou que "vai ser feita justiça" e rejeitou as acusações de ter interesse no dinheiro do músico. Maria Roseta, técnica superior da Segurança Social que presta serviço nas prisões, revelou ainda que "na vida há dois géneros de pessoas: as com caráter e as sem caráter. Quem o não tem pode dizer o que quiser." E revela também que o que ela fez muitas das mulheres que se relacionaram com Paco Bandeira não tiveram coragem de o fazer: "Nenhuma mulher normal, e este processo já vai em três anos,  poderia suportar tudo o que suportei de ânimo leve, iniciar uma guerra contra este senhor, que no passado nunca ninguém teve coragem de o enfrentar.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras