Nas Bancas

Gio Rodrigues e Ana Gomes: “O nosso filho veio fortalecer a nossa união”

O estilista e a professora apresentam à CARAS o seu primeiro filho em comum, Lourenço.

Joana Brandão
1 de janeiro de 2012, 09:30

A prepararem o primeiro Natal com Lourenço, de três meses, Gio Rodrigues e Ana Gomes falaram à CARAS de todas as emoções que têm vivido desde que o bebé nasceu, e que partilham com Romeu, de seis anos, nascido do primeiro casamento do estilista portuense. Durante esta sessão fotográfica em família, Gio e Ana contaram-nos como foram os primeiros meses do bebé, como é a relação de Romeu com o irmão e quais são os planos que gostariam de concretizar no futuro. Muito maternal, Ana Gomes revelou-nos ainda, em tom sereno, que depois de anos de uma vida muito agitada e preenchida viu despertar em si, com o nascimento do filho, um amor supremo que desconhecia e que quer voltar a sentir.
Como têm sido estes primeiros meses do Lourenço?
Ana Gomes – Têm sido meses de constante descoberta, de novos sentimentos, emoções e desafios. Estava habituada a ter uma vida muito agitada e, de repente, tive de parar e deixar de ter horários para o que quer que seja, porque nunca consigo cumprir com o que combino. Confesso que foi difícil gerir esta parte, mas agora já me habituei. Além disso, o Lourenço está numa fase giríssima, em que começa a exprimir-se, e é muito bom acompanhar tudo de perto.
Gio Rodrigues É bom voltar a ter um bebé em casa! A ma­turidade é outra, o amor que se sente é diferente, tenho mais disponibilidade e tenho a experiên­cia adquirida com o Romeu.
– Como vê a Ana no papel de mãe? Está surpreendido com a mudança que a maternidade trouxe à sua mulher?
– As prioridades da Ana muda­ram e o Lourenço está acima de tudo. É uma mãe extremosa!
Ana – O nascimento do Lou­renço despertou em mim sentimentos que não sabia que tinha. Parece que havia uma porta fechada no meu coração à espera de algo tão grande como um filho. Há momentos em que olho para o Lourenço e me emociono imenso. Sou mais mulher, sinto-me realizada. E sei que vou querer sentir isto mais vezes...
Quer dizer que já está a pensar em ter mais filhos?
– Agora já estou habituada a este ritmo, por isso acho que não vou esperar muito tempo para ter outro filho. Talvez seja melhor assim do que esperar alguns anos, depois nunca se sabe...
– Engordou nove quilos e já os perdeu todos. Teve alguns cuidados especiais?
Não fiz nada, eu até como com frequência, mas é verdade que em pouco tempo recuperei os nove quilos que engordei com a gravidez. Talvez o facto de estar a amamentar tenha ajudado, tal como o facto de ter tido alguns cuidados durante os nove meses. Fui acompanhada por um nutricionista e fiz tratamentos de endermologia no BodyScience. Ou seja, preparei-me bem para agora estar à vontade.
– Estão juntos há quatro anos e casados há três, e passaram a maior parte do tempo a dois, exceto nos fins de semana em que tinham o Romeu. O que mudou no vosso dia-a-dia com o nascimento do Lourenço?
Gio – O trabalho deixou de ir para casa. Agora, depois de jantar, dedicamo-nos ao Lourenço. Há tempo para tudo e esta fase é dele e nossa. Queremos desfrutar ao máximo das primeiras descobertas do Lourenço, os novos sons e as primeiras gargalhadas.
Ana – Temos feito um grande esforço para continuarmos a ser o grande casal que sempre fomos. O nosso filho é a nossa união. O Lourenço não veio para nos separar, mas para fortalecer o que já nos unia. Como diz o pediatra dele, Octávio Cunha, só uns pais felizes fazem os filhos felizes.
E o Romeu como reagiu ao irmão? Afinal, ele foi filho único durante seis anos...
Gio – Como todos os pais, tínhamos medo que ele ficasse com ciúmes, mas, felizmente, isso não aconteceu. O Romeu é superprotetor, sabe tudo sobre o irmão, ajuda-nos a cuidar dele, brinca e quer ser o melhor na escola para depois poder ensinar o Lourenço.
Ana – Quando o Gio não está em casa, o Romeu é o meu apoio. É muito cuidadoso e ajuda-me imenso com o irmão.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras