Nas Bancas

Christian Bale

Christian Bale

Reuters

Christian Bale agredido pela polícia chinesa

O ator pretendia visitar o advogado dissidente Chen Guangcheng.

Redação CARAS
16 de dezembro de 2011, 16:34

Christian Bale foi agredido pela polícia chinesa quando tentava visitar o advogado Chen Guangcheng na sua residência em Shandong, no leste da China, onde está retido há mais de um ano. O ator, que se encontra no país a promover o seu mais recente filme, The Flowers of War, estava acompanhado por jornalistas da BBC quando foi surpreendido por uma equipa de segurança à porta da propriedade de Guangcheng. “Estou aqui para ver Chen Guangcheng. Porque é que não posso ver este homem livre. O que eu realmente queria era encontrar-me com este homem, cumprimentá-lo e dizer-lhe como ele é uma figura inspiradora”, afirmou o protagonista de Batman na reportagem posteriormente divulgada pela estação de televisão. Já a resposta dos guardas foi sempre a mesma. “Vão-se embora”.
A equipa da BBC filmou o incidente, onde é possível ver o ator bastante tranquilo, não oferecendo resistência, perante o nervosismo das autoridades chinesas que acabaram por empurrar Christian Bale e os jornalistas para que saíssem do local.
Chen Guangcheng ficou conhecido na década de 80 por ter defendido as pessoas que se consideravam vítimas da política de controlo da natalidade, “um casal, um filho”. O advogado, de 40 anos, cumpriu quatro anos de prisão mas, no final de cumprir a pena, em setembro de 2010, não recuperou a liberdade por completo.
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras