Nas Bancas

George Michael

George Michael

Reuters

George Michael pode nunca mais cantar

O cantor continua internado devido a uma pneumonia e as suas cordas vocais podem ficar danificadas para sempre.

8 de dezembro de 2011, 16:01

George Michael foi hospitalizado de urgência na Áustria no passado dia 23 de novembro, com sintomas de pneumonia, e continua internado. O cantor, de 48 anos, foi obrigado a cancelar todos os concertos da digressão Sinfonica Tour e alguns especialistas garantem que os tratamentos a que está a ser submetido podem causar-lhe danos irreversíveis nas cordas vocais e impedi-lo de voltar a cantar. “Ele vai precisar de meses de descanso. Depende de quanto tempo ficará em tratamento, a doença pode afetar seriamente a sua capacidade de cantar, a pressão está muito perto das suas cordas vocais”, explicou um especialista ao site brasileiro Terra.
Nesta fase complicada, George Michael conta com o apoio da família, como conta uma fonte próxima ao jornal Daily Mail. “A família inteira está com ele. Eles são muito unidos, George é um homem de sorte, nesse sentido. Ele é muito querido...”, garantiu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras