Nas Bancas

Angelina Jolie: "Ainda sou uma 'bad girl', mas esse meu lado agora pertence ao Brad"

A atriz deu uma entrevista ao '60 Minutos' onde fala do seu passado e revela que tem sorte em estar viva.

Redação CARAS
23 de novembro de 2011, 14:39

O passado rebelde e selvagem de Angelina Jolie tem sido muito documentado pela imprensa. No entanto, a atriz, de 36 anos, não costuma falar desse período da sua vida. Desta vez Angelina abriu uma exceção.
Em entrevista ao programa americano 60 Minutos, a atriz revelou que fez muitas loucuras quando era nova e que tem sorte em estar viva. "Passei por momentos muito difíceis e sobrevivi. Não morri nova. Por isso, tenho muita sorte. Há outras pessoas e artistas que não sobreviveram a certas coisas... As pessoas podem imaginar que eu fiz as coisas mais perigosas, o pior... Por muitas razões eu já não deveria estar aqui. Muitas coisas foram levadas ao extremo", confessou a atriz. "Ainda sou uma 'bad girl', ainda tenho esse lado, mas agora pertence ao Brad [Pitt]...ou às nossas aventuras", acrescentou.
O facto de ter usado ao pescoço um frasco com sangue do então marido, Billy Bob Thornton, de ter dado um apaixonado beijo nos lábios do irmão James Haven nos Óscares de 2000 são algumas das atitudes polémicas da atriz, que namorou com a colega Jenny Shimizu. Sobre esta relação Angelina chegou a dizer: "Provavelmente tinha-me casado com ela se não me tivesse casado com o [meu primeiro] marido [Jonhy Lee Miller]".
Os dias polémicos da atriz parecem ser mesmo coisa do passado. Ao lado de Brad Pitt, Angelina aparenta ter encontado a felicidade e estabilidade familiar com os filhos Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Vivienne e Knox. Além disso, a atriz - que saltou para trás das câmaras com o filme In the Land of Blood and Honey -, continua a dedicar-se ao seu ao trabalho humanitário enquanto Embaixadora da Boa Vontade para o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras