Nas Bancas

Duarte Lima.jpg

Duarte Lima foi detido

O advogado, que é procurado pela polícia brasileira pela morte de Rosalina Ribeiro, foi hoje detido juntamente com o filho Pedro, no âmbito da investigação ao caso BPN.

Redação CARAS
17 de novembro de 2011, 10:31

Domingos Duarte Lima e o filho Pedro foram constituídos arguidos por crimes de burla, branqueamento de capitais e fraude fiscal no âmbito da investigação ao caso do Banco Português de Negócios que decorre no Departamento Central de Investigação e Ação Penal.
O advogado e o filho foram hoje detidos em Lisboa pela Polícia Judiciária que executou um pedido do procurador Rosário Teixeira.
Duarte Lima estará envolvido num negócio de terrenos em Oeiras, em 2007, que prejudicou o BPN em mais de 40 milhões de euros, e que seria destinado à construção de instalações do Instituto Português de Oncologia.
O ex-deputado do PSD irá ser ouvido hoje num primeiro interrogatório pelo juiz Carlos Alexandre no Tribunal Central de Investigação Criminal.
O antigo dirigente social-democrata é ainda procurado pela justiça brasileira pela morte de Rosalina Ribeiro, companheira do falecido milionário português Tomé Feiteira.
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras