Nas Bancas

jli-diogoinfante10.jpg

João Lima

Teatro Nacional D. Maria II suspende programação para 2012

A decisão foi hoje anunciada por Diogo Infante, Diretor Artístico do TNDM II.

Redação CARAS
16 de novembro de 2011, 16:23

Diogo Infante, Diretor Artístico do Teatro Nacional D. Maria II, anunciou hoje a suspensão da programação artística para 2012. O ator afirma que os cortes efectuados neste teatro compromete "de forma irremediável o actual projecto artístico do TNDM II, o seu modelo de gestão e toda a programação para 2010."
Leia o comunicado na íntegra:
"As medidas de austeridade anunciadaspelo governo e os cortes previstos no recentemente aprovado Orçamento deEstado, atingiram no caso do TNDM II um valor acumulado em 2012 na ordem dos36%, agravado pelo aumento da taxa do IVA (23%). O corte financeiro, muitosuperior ao efectuado nos restantes Teatros Nacionais, parece-nos conter umerro de cálculo e ignora 3 anos de gestão equilibrada e taxas de ocupaçãorecorrentes acima dos 90%, comprometendo de forma irremediável o actualprojecto artístico do TNDM II,  o seu modelo de gestão e toda aprogramação projectada para 2012.
A Direcção Artística e o Conselho deAdministração do TNDM II  alertaram e tentaram sensibilizar a tutela paraas inevitáveis consequências de tais medidas, disponibilizando-se desde semprepara concertar uma solução que viabilizasse um futuro para o TNDM II, com ummínimo de dignidade, qualidade e sentido de serviço público que lhe é exigido eque está reflectido nos seus estatutos e missão.
Até à data o Secretário de Estado da Culturarevelou-se impotente para, junto do Ministério das Finanças ou do PrimeiroMinistro, encontrar uma solução que corresponda a uma vontade política demanter em actividade o primeiro teatro do país.
Perante este cenário, torna-se impossívelelaborar um plano de actividades realista e viável para 2012, pelo que nosvemos obrigados a assumir publicamente a nossa incapacidade para honrarcompromissos de programação com produtores, encenadores e actores, e com opróprio público, com quem estamos necessariamente implicados numa relação deproximidade e confiança, resultado do trabalho produzido nos últimos anos.
Projectos como a "A Morte deDanton" de Buchner, em co-produção com os Artistas Unidos e Guimarães - Capital Europeia da Cultura e com encenação deJorge Silva Melo, ou "Lear" de W. Shakespeare, com Eunice Muñozna protagonista, ficam assim seriamente comprometidos.
A Direcção Artística e o Conselho deAdministração do TNDM II lamentam profundamente esta situação, mas é imperativoque todos tomem consciência das implicações que acarretam as medidas agoraanunciadas, que vêm questionar desta forma a continuidade de uma estruturabasilar no panorama cultural português!"

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras