Nas Bancas

Caras conhecidas fazem voluntariado

SIC Esperança dá mais conforto a crianças institucionalizadas

Redação CARAS
11 de novembro de 2011, 11:33

Transformar o Centro de Acolhimento de Emergência Casa da Fonte, em Oeiras, num lar onde as crianças que por lá passam se sintam seguras e felizes, atenuando o impacto negativo que a institucionalização em contexto de emergência pode ter nas suas vidas, foi o objetivo de uma ação da voluntariado que teve a participação de dezenas de trabalhadores e familiares do Grupo Impresa, no qual se inclui a CARAS.
Uma iniciativa da SIC Esperança que, sob a orientação da decoradora Beatriz Leónides e do arquiteto Diogo Basto, conseguiu transformar uma casa muito envelhecida num espaço confortável, criando ambientes uniformes e que inspiram tranquilidade.
“Este projeto superou todas as expectativas, graças à boa vontade e alegria de todos os que se voluntariaram para fazer esta transformação. Não podíamos estar mais satisfeitos”, afirmou a diretora da SIC Mulher, Sofia Carvalho, que todos os anos faz questão de se associar às ações de solidariedade da SIC Esperança. “É muito bom ver aqui fotógrafos, jornalistas e designers unidos com o mesmo objetivo, todos voluntários, e sempre com muita energia e boa disposição”, afirmou Mercedes Balsemão, presidente da SIC Esperança, que também participou nos trabalhos de recuperação daquele espaço.
Já no final da intervenção, António Santinha, diretor do centro de acolhimento, estava visivelmente satisfeito com o resultado: “Foi uma aventura grande, as pessoas foram incansáveis e superaram em tudo o tempo disponível. Estou certo de que as crianças vão adorar esta mudança.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras