Nas Bancas

Convidados da CARAS reunidos em jantar oriental

A iniciativa serviu para apresentar o serviço oriental que vai sair todas as semanas com a revista.

Redação CARAS
25 de outubro de 2011, 18:53

Qualquer pretexto é bom pa­ra reunir os amigos num ambiente descontraído e divertido. E foi isso que aconteceu num jantar que a CARAS organizou em Lisboa para um grupo de convidados, com o objetivo de dar a conhecer o serviço oriental que vai sair todas as semanas com a revista. “Esta é a primeira vez que uma revista faz um serviço oriental, que pode ser para comida chinesa, japonesa, tailandesa... É um serviço imprescindível para ter em casa, a um preço fantástico, com duas cores bonitas, e é uma forma diferente para alegrar os jantares em família. A CARAS tem sempre grandes ideias no que toca a este tipo de marketing alternativo que com a revista custam só mais um bocadinho. Nós fomos os primeiros a fazer faqueiros, copos, pratos dos mais diversos... E desta vez somos, também, os primeiros a fazer um serviço oriental. E com a primeira peça vamos oferecer um livro de culinária oriental, para que ninguém diga que não sabe cozinhar um prato oriental. Juntámos 32 receitas nu­ma edição super cuidada ao estilo da CARAS”, explicou Fernanda Dias, diretora da CARAS.
O restaurante escolhido para a ocasião foi o Sushifashion, no Chiado, que surpreendeu os convidados ao oferecer as iguarias japonesas dispostas no serviço oriental da CARAS. Bárbara Guimarães gostou da ideia e garantiu que em sua casa vai fazer o mesmo: “É um conjunto inspirador para passar a servir sushi em casa. Tem duas cores que representam muito bem a comida japonesa. São pratos leves, arrumam-se muito bem, e dão cor a belíssimos jantares em casa. Mas temos também de ser criativos, porque embora este serviço muito fashion tenha sido feito para servir comida oriental, pode ser usado com outra alimentação. Há uma versatilidade deste serviço que faz com que se queira ter.” A apresentadora do programa da SIC, Peso Pesado, confessou ser uma fã incondicional de comida japonesa, tal como Mónica Balsemão, diretora de Marketing da CARAS, que explicou: “Gosto muito de sushi, mas nunca tive coragem de o fazer em casa. Um dia que resolva servir uma refeição de sushi, encomendo e servirei com o serviço da CARAS, sem dúvida. É um serviço fantástico, bonito e moderno, feito a pensar para um tipo de comida que cada vez mais as pessoas começam a introduzir nas suas casas. Por isso, achámos que faz todo o sentido oferecer aos leitores da CARAS, por um preço convidativo e simpático, a aquisição de um serviço que fará, com certeza, a diferença nas suas refeições e nas suas mesas.”
No final do jantar, os convidados foram presenteados com o serviço e livro de receitas da CARAS, uma oferta a que João Murillo prometeu dar uso: “Lá em casa, quem cozinha sou eu e faço-o todos os dias. A cozinha é a minha pintura sem responsabilidades. Aliás, sou convidado por muitas pessoas para ir de férias por causa dessa componente, e tenho consciência disso. E de facto gosto mesmo muito de cozinhar. Nunca segui uma receita e tenho imensos livros de culinária, que funcionam para tentar perceber o dialeto de quem as elaborou. E até hoje nunca tive reclamações da Raquel nem de ninguém que convidássemos para jantar”, confessou o pintor, enquanto a apresentadora confessava: “Sou uma privilegiada. O João faz as refeições todos os dias, tem um profundo prazer ao cozinhar e é muito arrumado, porque enquanto cozinha vai logo lavando as coisas, o que é fantástico. Os pratos dele são ótimos e bonitos porque ele tem, também, um cuidado estético na apresentação dos pratos.”  No caso de pratos orientais, leva agora uma ajuda nesse sentido.
 

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras