Nas Bancas

Angelina Jolie e António Guterres defendem direitos dos refugiados

A atriz e o antigo primeiro-ministro português marcaram presença numa cerimónia das Nações Unidas, em Genebra, durante a qual foi homenageada a Sociedade Iemenita pela Solidariedade Humana e o seu fundador, Nasser Salim Ali al-Hamairy.

Redação CARAS
4 de outubro de 2011, 12:04

Enquanto embaixadora e alto comissário da ONUpara os refugiados, Angelina Jolie eAntónio Guterres foram duas daspersonalidades presentes na entrega do Prémio Nansen à personalidade que maisse destacou na defesa dos direitos dos povos afetados. Durante a cerimónia quedecorreu esta segunda-feira, dia 3, em Genebra, a Sociedade Iemenita pelaSolidariedade Humana e o seu fundador, NasserSalim Ali al-Hamairy, foram homenageados pela ajuda prestada a todos osrefugiados e emigrantes que chegam ao Iémen todos os anos.
A atriz Angelina Jolie, que é embaixadora da organização há cerca de dez anos,já visitou mais de 40 regiões afetadas por este problema e voltou a chamar aatenção para a necessidade de continuar a ajudar. “Não devemos esquecer-nos do que está a acontecer nessa parte do mundo.Não devemos esquecer-nos como eles estão desesperados quando a únicaalternativa é arriscar à morte no mar ou colocar suas vidas nas mãos de cruéiscontrabandistas”, disse a atriz referindo-se especialmente a todos os quecruzam o golfo de Áden, entre a Somália e o Iémen.
Depois deste discurso, a atriz foi também homenageada por António Guterres quelhe ofereceu uma pregadeira como sinal de reconhecimento pelo seu trabalho aoserviço da ACNUR. “Ela é a melhor entreos embaixadores da boa vontade que existem no mundo humanitário”, afirmou.
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras