Nas Bancas

Anna Westerlund

Anna Westerlund

Mike Sergeant

Filhas de Anna Westerlund e Pedro Lima começam a estudar em escola sueca

A mudança das filhas, Emma, de seis anos, e Mia, de quatro, para uma escola sueca é uma 'grande aventura', tal como descreveu a ceramista à CARAS.

Redação CARAS
26 de setembro de 2011, 18:02

Filha de mãe portuguesa e pai sueco, Anna Westerlund começou a aprender a falar sueco com os pais e foi aperfeiçoando a língua durante as temporadas de férias que passava perto de Gotemburgo, além de ter estudado numa escola sueca, a mesma que agora as filhas frequentam. "Tem sido uma aventura. Percebi que estava mais nervosa do que elas, mas a verdade é que se estão a adaptar lindamente... Até porque os alunos falam muito mais português do que a própria escola quereria, pelo que elas não sentem tanto esse bloqueio da língua", explicou a ceramista à CARAS num evento da Remington, que decorreu no espaço Cláudia Piloto Concept, durante o qual Anna nos explicou a razão desta mudança. "Pensámos no futuro deles. Como têm dupla nacionalidade, e tendo em conta a fase difícil que Portugal atravessa, achámos que dominarem a língua seria uma forma deles poderem, mais tarde, mudar de país mais facilmente. Mas, mais do que isso, é começarem já a interiorizar que o mundo é grande e não precisam de viver na porta ao lado da nossa para continuarmos a ser uma família unida", justificou a ceramista, de 33 anos, que agora passará a falar com as filhas em sueco: "Tenho que me forçar a fazê-lo, porque já não flui naturalmente..."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras