Nas Bancas

Ricardo Pereira

Ricardo Pereira

Paulo Jorge Figueiredo

Ricardo Pereira: "O bebé terá cidadania portuguesa, mas vai nascer no Brasil"

O ator e modelo mostrou-se muito bem disposto durante esta sessão fotográfica, para o catálogo da marca de roupa pela qual dá a cara habitualmente.

Redação CARAS
20 de setembro de 2011, 16:40

A pouco mais de um mês de ser pai, o ator e modelo Ricardo Pereira não deixou de aceitar o convite da Throttleman para dar a cara pela campanha outono/inverno.
Depois do casamento com Francisca Pinto Ribeiro, em julho de 2010, o último ano tem sido vivido sobretudo no Brasil, onde Ricardo conseguiu atingir um reconhecimento muito especial enquanto ator: "Tenho vindo a Portugal praticamente sempre a trabalho. Acabei agora uma novela e já vou começar outra, do Miguel Falabella, na Colômbia."
Ricardo confessa que sente saudades de Portugal, mas já pôs de parte a hipótese de o bebé nascer em solo nacional: "O bebé terá sempre a cidadania portuguesa e acaba por nascer num país que tão bem nos tem acolhido." Bem consciente do papel importante do pai neste período de gestação, Ricardo, que pretende assistir ao parto, assume que já leu muitos livros sobre o tema: "Acho que as mulheres grávidas são diferentes, é normal. São muitas hormonas, logo, ficam mais sensíveis, mas preveni-me bem em relação a isso! [risos] Nós, homens, devemos, durante esta fase, satisfazê-las com tudo o que for necessário, de modo a que fiquem totalmente descontraídas e calmas, sobretudo porque as mulheres, nos dias de hoje, têm muito mais stresse diário, já que normalmente acumulam a gravidez com o trabalho."
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras