Nas Bancas

Depois do fim do namoro com Hugo Sequeira, Rita Mendes confessa: "Foi das maiores desilusões e falhanços emocionais da minha vida"

Amigos de longa data, a relações-públicas e DJ e o ator namoraram durante um ano, mas acabaram recentemente. A amizade entre ambos não resistiu ao fim da relação e Rita garante que para já quer manter-se afastada do amor.

Joana Carreira
3 de setembro de 2011, 18:32

Um ano depois do início da relação, Rita Mendes e Hugo Sequeira, ambos de 34 anos, resolveram pôr um ponto final na relação. Desgostosa com este desfecho, a relações-públicas e DJ explica que pela primeira vez na vida não pretende voltar a apaixonar-se e garante que o único homem a quem pretende dedicar-se é ao seu filho, Afonso, de dez meses, fruto da sua anterior relação com Roger Branco.
Foi com tristeza que Rita explicou à CARAS que o final do namoro acabou ainda com a amizade de longa data que mantinha com Hugo.

Rita Mendes
Rita Mendes
Nuno Miguel Sousa
- Está novamente solteira...

Rita Mendes -
Sim, é verdade. Demorámos algum tempo a assumir a relação, pois estou numa idade e numa condição em que me apetece ser mais discreta quanto aos meus relacionamentos, e nesta separação também me quero pautar um pouco por aí.


- Como encara uma relação falhada?

-
Todos os processos da nossa vida servem de ensinamento e acredito que o universo tem uma espécie de plano para nós. Infelizmente, no meu caso a parte emocional não tem sido exatamente a que eu esperava, pois sou uma pessoa de família e é isso que procuro e gostaria de ter na minha vida. Neste caso, estou muito triste e custa-me imaginar que voltarei a apaixonar-me. Sou muito positiva e há uns tempos diria que continuo a acreditar no amor, mas neste momento só acredito no amor que tenho pelo meu filho, pela minha família e pelos meus amigos. Acho que nunca amei ninguém como o Hugo e, por isso, sinto que, para já, fecho um capítulo de positividade em relação ao amor. Foi das maiores desilusões e falhanços emocionais da minha vida. Aos 34 anos, acredito que preciso afinal de ter uma fase sozinha.


- O facto de ser uma mulher apaixonada e sonhadora faz com que não goste de estar só?

-
Sempre tive muito presente a vontade de ter família e um companheiro, mas, se calhar, não é suposto que isso aconteça. Com o Hugo não deu e não me apetece estar a tentar com mais ninguém.

Hugo Sequeira e Rita Mendes
Hugo Sequeira e Rita Mendes
Nuno Miguel Sousa
- E continuam amigos?

-
Infelizmente não.


- Até aqui contava com o apoio do Hugo em relação ao Afonso...

-
Sim, claro que o pai esteve sempre muito presente, mas contei realmente muito com o apoio do Hugo e da minha família. Acho que consigo fazer com que as coisas se coordenem e, apesar de trabalhar à noite, concilio tudo muito bem com o Afonso, pois normalmente só ao fim de semana é que estou fora de casa. A maior parte do meu trabalho é feito em casa e o Afonso está sempre comigo, e ao fim de semana fica com a minha mãe ou com o pai. Para mim, o conceito de família seria o ideal, mas não existindo, esta é a realidade dele desde sempre e, por isso, não será uma criança triste ou complexada.

Rita Mendes
Rita Mendes
Nuno Miguel Sousa
- Presumo que nesta fase mais difícil o Afonso seja a sua maior alegria?

-
Sem dúvida que nesta fase que estou a viver de separação, e que não é agradável, além da parte emocional, também pela logística, o Afonso é o meu porto de abrigo. Basta um sorriso dele e aquele olhar para esquecer tudo e centrar-me naquele ser.


- Referiu que não pretende voltar a apaixonar-se, mas presumo que quando isso acontecer a sua maior preocupação será o bem-estar do Afonso...

-
Completamente. E acho, inclusivamente, que pelo facto de o Afonso ter passado esta fase tão importante da vida dele perto de uma pessoa de quem gostei muito é que me custa mais. E que por causa do Afonso pensarei milhentas vezes antes de voltar a aproximar-me de alguém. Quero aprender a estar sozinha, a estar com o Afonso e com as pessoas que me querem bem. Este amor foi mesmo muito importante e uma grande aprendizagem.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras