Nas Bancas

Steve Jobs

Steve Jobs

Reuters

Steve Jobs demite-se do cargo de CEO da Apple

A lutar contra um cancro no pâncreas, Steve Jobs vai ser substituído pelo número dois de longa data, Tim Cook.

Andreia Guerreiro
25 de agosto de 2011, 11:41

O co-fundador da Apple Steve Jobs, de 56 anos, abandonou o cargo de CEO da multinacional e vai ser substituído por Tim Cook. Jobs, que se encontra de baixa médica desde o mês de janeiro por estar a lutar contra um cancro no pâncreas, vai assumir as funções de vice-presidente e assim ficar mais afastado das atividades quotidianas da empresa. "Sempre disse que se chegasse ao dia em que não conseguisse corresponder aos meus deveres e expectativas como CEO da Apple, seria o primeiro a dizer-vos. Infelizmente, esse dia chegou", escreveu Steve Jobs na carta de demissão.

Jobs assumiu este cargo em 1997 e resgatou a multinacional de uma situação de quase falência com o lançamento de linha de computadores Mac. É a figura mais conhecida da empresa, uma vez que foi quem deu cara no lançamento do iPod, a loja online iTunes, o iPhone e o iPad. Aliás, em março deste ano, o empresário interrompeu mesmo a baixa médica para apresentar o iPad2 em São Francisco.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras