Nas Bancas

Amy Winehouse

Amy Winehouse

Reuters

Exames toxicológicos não revelam vestígio de drogas no corpo de Amy Winehouse

As análises realizadas ao corpo da cantora após a sua morte apenas revelaram álcool no sangue.

Joana Carreira
24 de agosto de 2011, 12:14
Amy Winehouse
não consumiu drogas no dia da sua morte. Um mês após a morte da cantora britânica, a 23 de julho, o porta-voz da família,
Chris Goodman
, revelou, através de um comunicado, que os exames toxicológicos realizados não detetaram substâncias ilegais no corpo de Amy.
"A família gostaria de agradecer à polícia e ao médico legista por terem continuado cuidadosamente com as investigações e por terem-na mantido sempre informada ao longo de todo o processo"
, afirmou Goodman.


Apesar de não terem sido encontrados vestígios de drogas, as análises confirmaram a presença de álcool no sangue da cantora, de 27 anos, no entanto, o comunicado sublinha que se desconhece se essa foi ou não a causa da morte.


Recorde-se que a autópsia de Amy Winehouse foi inconclusiva e os resultados da investigação que permitirão conhecer as causas da morte só serão conhecidos em outubro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras