Nas Bancas

Apaixonada, Mafalda Matos revela: "A vida a dois mudou-me"

A atriz iniciou a sua carreira na série juvenil 'Morangos com Açúcar'. Depois, experimentou o teatro e entrou no Conservatório. Atualmente, faz parte do elenco de 'Anjo Meu'.

Joana Carreira
20 de agosto de 2011, 10:27
Mafalda Matos
tem 23 anos, mas já sabe que quer deixar a sua marca no mundo. Através do seu exemplo, quer provar que se pode viver de uma maneira diferente, explorando o planeta de forma sustentável e olhando para as pessoas como companheiras e não como adversárias. Gosta de cuidar dos outros e não tem medo de mostrar as suas fragilidades e de pedir que também cuidem de si. Mas não gosta do rótulo
zen
, pois diz que até é uma mulher
"agitada"
.

Ao lado do companheiro,
Rui Matos
, um empresário dez anos mais velho, com quem está há pouco mais de um ano, diz sentir-se
"totalmente entregue"
e numa sintonia que não se consegue explicar, mas que se sente. Sobre a sua forma de estar na vida e os sonhos por realizar, a CARAS falou com a atriz que dá vida à personagem Maria Francisca Sardinha na novela
Anjo Meu
.

Mafalda Matos
Mafalda Matos
João Lima
- Ser atriz era um sonho de criança?

Mafalda Matos
- Nunca desejei ser atriz. Estava a tirar um curso tecnológico na área do
design
industrial quando me inscrevi numa agência para ganhar uns trocos. Fui a um
casting
e fiquei como protagonista dos
Morangos com Açúcar
.


- E como é que acabou por se apaixonar pela representação?

- Nesse projeto comecei a querer explorar mais a representação. Depois, fui para Londres, onde fiz um
casting
para ser uma
bond girl
, e quando regressei experimentei fazer teatro. O contacto com o público foi apaixonante e decidi entrar para o Conservatório. Depois, comecei a dar formação de teatro infantil e de
castings
para televisão.


- Ficou triste por não ser uma 'bond girl'?

- Fiquei, mas na altura tinha 19 anos e a personagem tinha trinta e poucos... Mas fiquei a conhecer uma grande diretora de
castings
, a
Debbie McWilliams
, que faz a ponte para muitos filmes americanos. Seleciona muitos atores europeus que vão para os EUA.


- Mas quer ter uma carreira internacional?

- Eu quero fazer coisas com qualidade. Sei que lá fora poderei fazer coisas mais desafiantes, trabalhar com outras pessoas, falar outras línguas... Faz-me todo o sentido o mercado espanhol ser atacado pela Mafalda.

Mafalda Matos
Mafalda Matos
João Lima
- A Mafalda de hoje é muito diferente daquela que entrou nos Morangos com Açúcar?

- A Mafalda hoje é uma pessoa madura, que sabe ouvir e que não diz tudo aquilo que pensa, é serena... Valorizo o amor, a autenticidade das pessoas, a entrega, a paixão. As pessoas apaixonadas, seja por outra pessoa ou pelo trabalho, são mais felizes. Gosto de viver bem, comer bem, dormir bem, amar e ser amada e ter os meus por perto. E de dia para dia faz-me mais sentido o contacto com a natureza.


- É uma pessoa 'zen'?

- Não, porque esse rótulo dá a sensação de que sou uma pessoa parada, e eu até sou bastante agitada, gosto de fazer coisas. Para mim, ser
zen
é estar bem comigo própria, com os outros e com aquilo que faço. Para mim é importante contribuir para o bem do mundo.


- É uma pessoa irreverente?

- Gosto de questionar as regras, mas pago impostos, segurança social, funciono com regras... Agora, se este é o meu modelo de vida? Se calhar não...


- Qual é, então?

- Estar no meio da natureza. Tenho um sonho... Gostava de estar em comunidade, porque na cidade é muito difícil ter essa sensação de que há pessoas com quem me preocupo e que se preocupam comigo. Gostava de pertencer a uma comunidade que tivesse os mesmos valores que eu. Não gosto das intrigas e mesquinhices que não nos permitem conhecer mesmo as pessoas. Estou farta de máscaras.

Mafalda Matos
Mafalda Matos
João Lima
- E para quem pensa assim é fácil trabalhar no mundo da televisão?

- Aí é que entra a maturidade que se foi desenvolvendo ao longo de cinco anos. Não tento mudar as pessoas, mas faço da minha experiência o meu exemplo. Claro que não tenho todas as conversas com toda a gente... A minha arte é relacionar-me com seres humanos. Não gosto de estar isolada do mundo. O meu lugar é no meio das pessoas.


- Como é que se imagina daqui a dez anos?

- Espero já ter um lar no meio da natureza, feito de bambu ou de madeira, com um teatro próprio, o
The Make Sense
. Quero criar um teatro sensorial, algo em que as sensações nos aproximem do que está a acontecer em cima do palco. A nível pessoal, quero continuar com a pessoa com quem estou.


- Como é que conheceu o Rui, o seu companheiro?

- Conhecemo-nos num curso de desenvolvimento pessoal que se chama
Trata a Vida por Tu
, numa sala com 900 pessoas, no Casino Estoril. Sentámo-nos ao lado um do outro, trocámos números de telefone, tornámo--nos grandes amigos e depois namorados. Vamos lá construir relações sólidas, com suco. O
fast-food
não faz sentido.

Mafalda Matos
Mafalda Matos
João Lima
- E o Rui está em sintonia com a sua maneira de estar na vida?

- Claro que sim... Ou não estava com ele. É por ele ser meu amigo, meu companheiro, meu amor e ter um nível de consciência elevado, porque é uma pessoa aberta, disponível, que estamos juntos... Vai muito ao encontro da pessoa que sou.


- A vida a dois mudou-a?

- A vida a dois mudou-me, mas porque temos um relacionamento muito bom. A nossa dinâmica a dois é ótima Complementamo-nos, preenchemo-nos. É muito bom viver com o Rui. Não tenho nada de negativo a dizer, só coisas boas.


- Usa a aliança na mão esquerda. Já se sente casada?

- Sinto-me completamente entregue a uma pessoa. Casada não, isso nem me faz sentido.


- Os dez anos que têm de diferença notam-se na vossa relação?

- As idades são só números. A maturidade e a experiência de vida é que fazem a nossa verdadeira idade. É uma questão de química. E ambos gostamos de fazer coisas. Somos pessoas muito práticas e isso une-nos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras