Nas Bancas

Reynaldo Gianecchini

Reynaldo Gianecchini

City Files

Reynaldo Gianecchini ainda não começou os tratamentos de quimioterapia

Uma infeção na garganta atrasou o início do tratamento contra um cancro no sistema linfático, previsto para a última segunda-feira, dia 15.

Andreia Guerreiro
17 de agosto de 2011, 11:32

A lutar contra um linfoma, o ator brasileiro Reynaldo Gianecchini ainda não pôde começar os tratamentos de quimioterapia, cujo início estava previsto para esta segunda-feira, dia 15, devido a uma infeção na garganta. David Uip, um dos médicos que acompanha Gianecchini no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, confirmou que a quimioterapia só pode começar depois de tratada a infeção, de forma a não comprometer a recuperação do ator. "Qualquer situação infecciosa que houver deve ser tratada antes, pois existe possibilidade de transformar uma laringite numa doença sistémica, ou seja, espalhada por todo o corpo. Depois de vencida a infeção, começaremos a quimioterapia", explicou Uip ao jornal Diário de São Paulo.

Recorde-se que Reynaldo Gianecchini, de 38 anos, foi operado há dois meses de uma hérnia na zona da virilha. Após a cirurgia, começaram a surgir gânglios na virilha e no pescoço do ator, que voltou ao hospital na semana passada para fazer novos exames, que confirmaram o diagnóstico de cancro. "Estou pronto para a luta e conto com o carinho e o amor de todos vocês", afirmou otimista Reynaldo Gianecchini em comunicado enviado pela Rede Globo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras