Nas Bancas

users_0_17_sofia-2116.jpg

As imagens do casamento de Sofia Alves e Celso Cleto (fotogaleria)

A atriz e o encenador casaram-se no passado dia 6 de agosto, em Viseu.

Andreia Guerreiro
14 de agosto de 2011, 12:37

FOTOS:
Alexandre Bordalo

Sofia Alves, de 37 anos, e Celso Cleto, de 46, apaixonaram-se há oito anos, casaram-se pelo civil há quatro - numa cerimónia que envolveu alguma polémica, pela ausência inesperada dos pais da atriz -, e no passado dia 2 de Agosto confirmaram a sua relação pela igreja, numa cerimónia íntima reservada a familiares e amigos muito próximos.

A atriz e o encenador, que vivem atualmente entre Oeiras e Viseu, escolheram a Igreja Matriz de Ínsua, em Penalva do Castelo, Viseu, para realizarem este sonho de longa data. Sofia e Celso chegaram à pequena localidade de Ínsua na véspera da cerimónia e alojaram-se no Hotel Casa da Ínsua, local de onde saíram, no dia do seu casamento religioso, para, pelas 18 horas, entrarem de braço dado na igreja. À sua espera tinham cerca de vinte convidados, a que se juntaram dezenas de populares, que os receberam de pé. Entre esses convidados destaque para Guilherme, de nove anos, filho de Sofia Alves, e para Rita e Inês, de 19 e 13 anos, respetivamente, filhas de Celso Cleto.

Sofia elegeu para a ocasião um vestido branco com decote em V, corpo drapeado e saia rodada com volume em camadas, uma criação da figurinista Teresa Alves, sua amiga de longa data, que foi realizada por Suzete Almeida. Para o bouquet, a noiva escolheu rosas brancas e rosa-velho, as mesmas flores que usou no cabelo, semiapanhado. Sofia Alves confidenciou-nos que foi ela própria que se maquilhou e penteou para esse dia tão especial. Numa cerimónia plena de emoção, Sofia e Celso receberam do padre José António, que presidiu à celebração, as alianças que usam há quatro anos, mas que agora foram benzidas. Os cânticos entoados durante a missa foram escolhidos pelo sacerdote e estiveram a cargo do grupo coral daquela igreja.

Na homilia, que os noivos disseram à CARAS ter sido "muito bonita e inesquecível", o padre José António falou de amor. Sofia e Celso comoveram-se várias vezes e trocaram olhares de cumplicidade com os filhos de ambos, que se mostravam especialmente radiantes por poderem partilhar este momento de felicidade. Para padrinhos, o casal escolheu dois amigos de longa data.

Surpreendente para Sofia e Celso foi a adesão das dezenas de populares que encheram completamente a igreja e se juntaram aos noivos e aos seus convidados para partilharem com eles este ato de fé. "Foi muito bonito e completamente inesperado termos tantas pessoas a quererem partilhar connosco e com os nossos convidados um dia tão especial. Queríamos que fosse uma cerimónia privada e muito discreta e acabámos por ser surpreendidos", disse Celso Cleto à CARAS, um dia depois de ter regressado da lua-de-mel.

"Foi uma cerimónia emotiva e muito bonita", adiantou o encenador, assegurando que apesar do turbilhão de sentimentos que viveram durante a cerimónia, com os convidados a aplaudirem-nos de pé por três vezes, tanto ele como Sofia conseguiram conter as lágrimas.

Já casados perante Deus, Sofia Alves e Celso Cleto abandonaram a igreja debaixo de uma chuva de arroz, agradeceram aos populares o carinho demonstrado e dirigiram-se novamente para a Casa da Ínsua, onde decorreu o copo-d'água. Para esse momento, Sofia trocou o vestido branco da cerimónia religiosa por um outro em tons de azul, de inspiração barroca e da autoria da mesma estilista do que usara antes.

Sofia e Celso descrevem os momentos de festa que se seguiram à celebração religiosa como "muito divertidos". E o encenador ainda confidenciou: "Estivemos com a nossa família e amigos, cantámos e até dançámos com um grupo de folclore local que nos surpreendeu com a sua presença durante o jantar."

No dia seguinte, os recém-casados partiram para Madrid, local que escolheram para a sua lua-de-mel. "É um destino que nos encanta, onde já vivemos momentos muito especiais e, para além disso, fica perto. Foi uma lua-de-mel curta, pois ambos tínhamos que regressar ao trabalho na semana seguinte, mas muito feliz", explicou Celso, um dia após o regresso.

"Estamos muito, muito felizes. Casarmo-nos pela Igreja foi para nós um ato de fé e não um ato de festa", explicaram a atriz e o encenador no dia em que ambos se preparavam para regressar de novo ao trabalho.

Na memória, a atriz garante que vai guardar o dia do seu casamento religioso como um dos mais especiais da sua vida. "Somos um casal feliz, ceder à infelicidade é um ato de cobardia", referiu Sofia Alves à CARAS.

Agora, nos planos do casal está a adoção de uma criança. Um processo que já iniciaram há algum tempo e que continua, como nos explicou o encenador, a seguir os trâmites legais necessários.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras