Nas Bancas

Amy Winehouse

Amy Winehouse

Reuters

Casa de Amy Winehouse foi assaltada

Segundo o pai da cantora, o ladrão é um conhecido de Amy, que terá levado um caderno de letras e várias cópias de temas inéditos.

Joana Carreira
11 de agosto de 2011, 15:42

A casa de Amy Winehouse, situada no bairro de Camden, a norte de Londres, foi assaltada. Segundo o pai da cantora, Mitchell Winehouse, ao jornal The Sun, o ladrão é um conhecido de Amy que terá levado um caderno com letras de músicas, cópias de temas inéditos, cartas e uma das guitarras da cantora.

Cerca de 20 pessoas tiveram acesso à residência da cantora, de 27 anos, que foi encontrada morta no passado dia 23 de julho, e como tal, o pai de Amy quer fazer um inventário de todos os pertences da filha, com a ajuda do ex-namorado Reg Traviss, para que se saiba ao certo tudo o que foi roubado.

"O Mitch está furioso. A família, os gestores e a empresa discográfica ainda não tinham decidido o que fazer com os temas inéditos. Ele está a dar a oportunidade a quem levou o material de fazer a coisa certa, que é trazê-lo de volta para que as coisas não se compliquem", revelou uma fonte ao jornal.

O assalto à casa de Amy não foi o único incidente registado. Segundo as autoridades da capital inglesa, foram roubadas várias placas de rua em homenagem a Amy Winehouse. A primeira placa foi roubada no dia 31 de julho e as outras três desapareceram no dia seguinte. A polícia apelou à "boa vontade" dos ladrões e assegura que não existirá qualquer castigo pelo sucedido.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras