Nas Bancas

users_0_10_amy-winehouse-a32f.jpg

Reuters

Amy Winehouse queria adotar uma menina das Caraíbas

A cantora, de 27 anos, tinha dado início ao processo de adoção de Dannika Augustine, uma menina de dez anos.

Joana Carreira
1 de agosto de 2011, 17:14

Uma semana após a morte de Amy Winehouse, surgem agora notícias de que a cantora tinha a intenção de adotar uma criança nas Caraíbas. Segundo o jornal Daily Mirror, a intérprete de Rehab, de 27 anos, tinha iniciado o processo de adoção de Dannika Augustine, uma menina de dez anos.

"A Amy era tão boa pessoa. Eu sei que ela tinha problemas, mas era muito melhor pessoa em Santa Lúcia do que em Londres. Costumava implorar-me: 'Quero adoptar a Dannika. Quero levá-la para Inglaterra'. Ela estava pronta até para viver em Santa Lúcia para ser mãe", confessou Marjorie Lambert, avó da menina, que garante que Amy já tinha contratado advogados para tratar da situação.

Dannika explicou que estava ansiosa pela adoção e que Amy já era uma mãe para ela. "Eu chamava-lhe mãe e ela chamava-me filha. Ela tomava conta de mim e divertíamo-nos juntas. Era uma pessoa maravilhosa e estava ansiosa por viver com ela aqui ou em Londres. Nem consigo acreditar que ela morreu", revelou.

Recorde que, na passada quinta-feira, os fãs de Amy Winehouse tiveram uma agradável surpresa. Enquanto faziam uma vigília à porta da casa da cantora, em Camden Square, Londres, o pai da cantora, Mitchell Winehouse, decidiu doar algumas roupas da filha. "São algumas das suas blusas. Era o que ela queria", explicou Mitchell.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras