Nas Bancas

O casamento de sonho de Ricardo Pereira e Francisca Pinto Ribeiro - Festa ao pôr-do-sol

Foram poucos ou nenhuns os convidados que não ficaram encantados o pôr-do-sol refletido nas águas da Barragem do Caia. "Foi mesmo o cumprir de um sonho para ambos", afirmou o ator.

Redação CARAS
22 de julho de 2011, 13:27

O cenário é verdadeiramente idílico, e ninguém diria que a Herdade Almeida Velha, propriedade da família Pinto Ribeiro, se situa em pleno Alentejo, de tão verdejante que é. A verdade é que o local foi a escolha perfeita para a festa que se sucedeu à celebração do casamento de Ricardo Pereira e Francisca Pinto Ribeiro. Foram poucos ou nenhuns os convidados que não ficaram encantados com o pôr-do-sol refletido nas águas da Barragem do Caia que coroou este dia tão especial para os noivos. "Foi mesmo o cumprir de um sonho para ambos. Precisávamos de dez tendas ou mais para receber todas as pessoas que gostávamos que estivessem aqui... Felizmente, estão todos muito divertidos, e isso era o que mais queríamos", afirmou o ator, que entre perguntas e respostas não resistiu a beijar a mulher, dizendo-lhe um sentido: "Amo-te!" Francisca, habitualmente bem- disposta, estava a esta hora de sorriso bem rasgado e comovida com o momento. "Os amigos estão cá todos, a família está em peso... É lindo!", afirmou.
À chegada à quinta, os convidados foram recebidos pelos noivos e respetivas famílias e encaminhados para um coquetel junto à piscina. João Pinto Ribeiro, pai da noiva, aproveitou o momento para revelar à CARAS a sua felicidade por ter visto a filha comemorar o seu casamento neste espaço. "Este é um espaço mágico e cheio de energia. Todas estas pedras, a barragem, tudo... Costumo dizer a brincar que há vinte anos descobri uma energia renovável, que é vir para a herdade renovar as energias. Fiquei muito feliz por a minha filha ter feito aqui a sua festa de casamento", afirmou o leiloeiro.
Muito emocionados estavam os pais do noivo, Lurdes e Horácio Pereira, que não pouparam elogios ao filho. "O Ricardo sempre seguiu o caminho dele, é uma pessoa independente. Sempre fomos uma família unida e vamos continuar a sê-lo. Gostamos muito da Francisca", disse a mãe do ator.
Entre os convidados contavam-se muitas caras conhecidas, entre as quais Diana de Cadaval e o marido, Charles-Philippe d'Orléans. A duquesa fez questão de elogiar a escolha do Alentejo para o casamento. "Foi tudo muito bonito. A igreja de Elvas, só por si, já é um local lindo, mas tudo estava muito bem. Estão de parabéns por tudo, pela união e pela festa magnífica que organizaram", referiu.
Após o coquetel, os convidados foram encaminhados para uma tenda montada junto à barragem, onde os esperavam várias surpresas. Os noivos entraram em último lugar, como manda a tradição, e ao som de uma banda sonora muito especial, a imitar a estreia de um novo filme nos cinemas, no qual Ricardo e Francisca seriam os protagonistas. A única diferença é que esta não é uma história de ficção, e isso notou-se nos rostos dos noivos, que, uma vez mais, não esconderam a comoção ao verem amigos e familiares de pé a aplaudirem a sua entrada.
Depois do jantar, servido por um restaurante local, A Bolota, veio a primeira surpresa da noite. Sebastião Pinto Ribeiro, irmão da noiva, chamou os Harlem Gang Band, um grupo de Nova Iorque, para abrirem a noite, surpreendendo tanto a irmã como o próprio Ricardo. Seguiu-se a exibição de um vídeo, preparado pelo padrinho do ator, Diamantino Martins, a recordar as origens de Ricardo, e um outro que revelava momentos de paixão do casal. Mais tarde, subiu ao palco a fadista Carminho, que até então parecia estar ali apenas como convidada. Carminho cantou e tornou o momento ainda mais especial para os noivos.
A festa estava para durar, mas antes de abrir a pista de dança faltava ainda um momento incontornável: o corte do bolo de noiva. Um bolo original e que levou as duas famílias a reunirem-se de novo à volta dos noivos. Minutos depois, e quando se fazia o tradicional brinde, sobre as águas da barragem começava um magnífico fogo-de-artifício. Assim terminava o "programa oficial", mas a festa continuou até de madrugada ao som de músicas dos anos 80 e 90, com os noivos a dançarem sempre rodeados de amigos e familiares.
 

Fotos:

Campiso Rocha, João Lima e Mike Sergeant

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras