Nas Bancas

Brad Pitt: "Quero que os meus filhos sejam pessoas livres"

O ator revelou que não gosta de sobrecarregar os filhos com os seus problemas.

Joana Carreira
4 de julho de 2011, 15:48
Brad Pitt
é um pai atento e revelou recentemente que tem um cuidado especial para não sobrecarregar os filhos com os seus problemas. O ator, de 50 anos, falou da paternidade e explicou que pretende que os filhos cresçam livres.
"É óbvio para mim que, quando chego a casa, devo falar com os meus filhos sobre tudo o que aconteceu. Mas é muito importante não colocar as minhas frustrações neles. Quero que eles sejam pessoas livres"
, afirmou Pitt ao jornal
Daily Telegraph
.


No seu mais recente filme,
A Árvore da Vida
, Brad interpreta um pai que se sente frustrado e responsável por passar a sua própria angústia aos filhos, exatamente o que não quer que aconteça na realidade.


Angelina Jolie e Brad Pitt com os filhos
Angelina Jolie e Brad Pitt com os filhos
Target
O ator acrescentou também que ficou satisfeito por não ter que frequentar o ginásio, o que ocorre geralmente quando interpreta os seus papéis.
"Para este filme, eu só tive que comer muito e beber muita cerveja"
, concluiu bem disposto.


Recorde-se que Brad Pitt e
Angelina Jolie
têm três filhos adotivos,
Maddox
, de nove anos,
Pax
, de sete, e
Zahara
, de seis, e três filhos biológicos,
Shiloh
, de quatro anos, e os gémeos
Vivienne
e
Knox
, de dois.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras