Nas Bancas

Juiz ordena entrega de fotos da cena do crime à defesa de Renato Seabra

David Touger, advogado de defesa de Renato Seabra, considera que as fotos são necessárias para uma avaliação psiquiátrica do  ex-modelo, acusado do homicídio do colunista social Carlos Castro.

Pedro Amante
28 de junho de 2011, 23:19

O gabinete do procurador de Nova Iorque recebeu hoje ordem do tribunal para entregar à defesa de Renato Seabra um conjunto de fotos da cena do crime consideradas necessárias a uma avaliação psiquiátrica do jovem português.

A defesa de Renato Seabra, acusado de homicídio em segundo grau do colunista social Carlos Castro, deveria ter apresentado hoje ao juiz a avaliação psiquiátrica, mas escusou-se por não lhe terem sido facultados pelo gabinete do procurador todos os elementos necessários.

No final de uma acesa troca de argumentos no Supremo Tribunal de Nova Iorque entre o advogado de defesa, David Touger, e a procuradora Maxine Rosenthal, o juiz ordenou a entrega das fotos e marcou a próxima sessão para o dia 26 de julho, na qual será entregue a avaliação psiquiátrica pedida pela defesa.

Segundo o site do Público, a procuradora já teria disponibilizado à defesa mais de 200 fotografias tiradas pela polícia, mas recusou-se a fornecer 25 fotografias do corpo de Carlos Castro. O advogado de defesa David Touger justificou ao juiz, através de uma carta, que, caso não tenha acesso a essas fotografias, o psiquiatra que contratou não poderá avaliar o estado psicológico do seu cliente.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras