Nas Bancas

Angélico Vieira

Angélico Vieira

Joaquim Norte de Sousa

Estado de Angélico Vieira não sofreu alterações

O cantor e ator continua com "prognóstico muito reservado".

Andreia Guerreiro
28 de junho de 2011, 11:45

"À medida que o tempo passa e a situação não melhora, o prognóstico mantém-se mais reservado". Foi desta forma que António Polónia, um dos médicos que acompanha a situação clínica de Angélico Vieira no Hospital de Santo António no Porto, descreve o estado em que o cantor e ator se encontra. "De acordo com o boletim clínico divulgado pelos Cuidados Intensivos, não há alteração do estado relativamente ao dia de ontem. (...) Não foi feito o diagnostico de morte cerebral, como tal continua a manter-se ligado ao suporte de vida. Neste momento estamos a ajudar a suportar as funções vitais, a parte respiratória e cardíaca", acrescentou ainda o chefe do Serviço de Urgência.

Ao longo do dia de ontem circularam várias notícias que indicavam que a mãe de Angélico Vieira, Filomena, apenas aguardava a chegada do pai do cantor, Milton Angélico, que se encontrava em Angola, para dar autorização para desligar as máquinas. No entanto, essa decisão é médica e não pertence à família e, tal como referiu o médico, "enquanto se mantiverem as funções vitais, continuará ligado ao suporte básico de vida".

Angélico Vieira está internado desde a madrugada de sábado, dia 25, depois de sofrer um acidente de viação que ocorreu na A1, na zona de Estarreja, causado pelo rebentamento de um pneu do BMW que conduzia.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras