Nas Bancas

Angélico Vieira

Angélico Vieira

Tiago Caramujo

Esperança é palavra de ordem entre os fãs de Angélico Vieira

São muitos os admiradores do ator e cantor que têm passado pelo Hospital de Santo António, no Porto.

Andreia Guerreiro
27 de junho de 2011, 20:28

O estado crítico de Angélico Vieira, que continua internado na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Santo António, no Porto, não impede os seus fãs de manterem a esperança. Aliás esse é mesmo o sentimento que une todos os que ao longo do último fim de semana e do dia de hoje passaram pelo centro médico para estarem mais perto do seu ídolo e de demonstrarem o seu apoio e solidariedade à família.

Para as 21 horas de hoje está marcada uma vigília, durante a qual admiradores e amigos vão juntar-se para uma "corrente de luz", de forma a transmitir toda a sua energia ao cantor e ator, de 28 anos, que se destacou pela sua participação na série juvenil da TVI Morangos Com Açúcar e na banda D'Zrt.

Recorde-se que ao final da manhã, Isabel Almeida, chefe de equipa do Serviço de Urgência do Hospital de Santo António, descreveu o estado de Angélico Vieira como estável, mas com "prognóstico muito reservado". Os médicos são cautelosos na informação que divulgam, não confirmando a morte cerebral avançada por alguns meios de comunicação social, e para amanhã está previsto um novo ponto de situação.

Angélico Vieira tem tido a seu lado a mãe, Filomena, o pai, que chegou hoje de Angola, e alguns amigos e familiares mais próximos, de entre os quais se destacam a ex-namorada, a atriz Rita Pereira, que todos os dias tem estado no hospital.

Angélico está internado desde a madrugada de sábado, dia 25, depois de sofrer um acidente de viação que ocorreu na A1, na zona de Estarreja, causado pelo rebentamento de um pneu do BMW que conduzia. Na viatura seguiam mais três pessoas, sendo que um dos passageiros do banco de trás, Hélio Filipe, foi cuspido e atropelado mortalmente por outro carro, Armanda Monteiro Leite, uma rapariga de 17 anos, encontra-se internada no Porto em estado grave e o outro passageiro, Hugo Mendonça Pinto, que usava cinto de segurança, apenas sofreu ferimentos ligeiros.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras