Nas Bancas

Angélico Vieira com prognóstico muito reservado

O diretor do serviço de urgência do Hospital Santo António voltou a falar aos jornalistas, desta vez pedindo "respeito pela família neste momento de extrema gravidade". Rita Pereira, ex-namorada do cantor continua no hospital.

Pedro Amante
25 de junho de 2011, 21:41

Em declarações à CARAS, o diretor do serviço de urgência do Hospital Santo António, Humberto Machado, afirmou que Angélico "sofreu um traumatismo crânio-encefálico de elevada gravidade e as próximas 24 horas serão cruciais." Internado na unidade de cuidados intensivos, o cantor e ator continua com um prognóstico muito reservado.
Armanda Monteiro, que também seguia no carro, sofreu igualmente um traumatismo crânio-encefálico, embora o seu estado seja menos grave do que o de Angélico.

Filomena Vieira, mãe do cantor, já se encontra junto do filho, tendo sido ela quem autorizou o diretor do serviço de urgência a prestar declarações aos jornalistas.

Também Rita Pereira já esteve no hospital, onde se encontram vários amigos e familiares do cantor, entre eles Filipe Terruta e Marta Aragão Pinto.


O carro conduzido por Angélico Vieira ficou totalmente destruído
O carro conduzido por Angélico Vieira ficou totalmente destruído
Foto gentilmente cedida por Correio da Manhã
No carro conduzido por Angélico seguiam mais três pessoas. Do acidente resultou uma vítima mortal.
No carro conduzido por Angélico seguiam mais três pessoas. Do acidente resultou uma vítima mortal.
Foto gentilmente cedida por Correio da Manhã

O cantor e ator
Angélico Vieira
sofreu esta madrugada, por volta das 3h35, um acidente de viação ao quilómetro 254 da auto-estrada do Norte A1, perto de Estarreja, no sentido Porto-Lisboa. Do acidente resultou uma vítima mortal,
Hélio Filipe
, que foi "
cuspido do banco traseiro, tendo sido atropelado por um veículo que vinha atrás",
segundo avança o site do Correio da Manhã.


Segundo as autoridades, "Angélico Vieira tinha hemorragias resultantes das lesões graves no tórax e nos pulmões e a pressão arterial a baixar, com prognóstico muito reservado, quando foi levado numa ambulância para o Hospital de Santo António".
Hugo Mendonça Pinto, o único passageiro que sofreu apenas ferimentos ligeiros, relatou que "saltou uma roda do automóvel em andamento e que Angélico Vieira só teve tempo de gritar 'segurem-se, antes de a viatura guinar, embater no talude e dar algumas cambalhotas".

Angélico Vieira, de 28 anos, vinha a caminho de Lisboa, onde iria apresentar o seu novo disco a solo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras