Nas Bancas

Solidariedade e elegância na 11.ª edição do Baile da Flor

"Como já é habitual fico um pouco ansiosa, especialmente no último dia, para que tudo corra na perfeição." (Gilda Paredes Alves)

Joana Carreira
8 de junho de 2011, 14:53

Além da óbvia elegância dos convidados, solidariedade é a palavra de ordem no tradicional Baile da Flor, que já faz parte do calendário anual de eventos de beneficência.

Luísa Champalimaud e Henrique Polignac de Barros
Luísa Champalimaud e Henrique Polignac de Barros
Victor Freitas
Pela segunda vez, os fundos angariados reverteram a favor do Centro da Senhora da Boa Nova, no Estoril.


D. Isabel e D. Duarte de Bragança
D. Isabel e D. Duarte de Bragança
Victor Freitas
Gilda Paredes Alves
foi, como sempre, a anfitriã do evento, que organiza há onze anos consecutivos. De ano para ano a iniciativa tem reunido cada vez mais pessoas, e a madeirense sente o peso da responsabilidade.


Gilda e Joaquim Paredes Alves
Gilda e Joaquim Paredes Alves
Victor Freitas
"Como já é habitual, fico um pouco ansiosa, especialmente no último dia, para que tudo corra na perfeição. Como sempre, o baile contou com as lindas flores e vinhos da Madeira, oferecidos pela Dra. Conceição Estudante, Secretária do Turismo e Transportes. Ainda me lembro quando comecei a organizar este baile, já o país estava em crise e o mundo estava triste. Foi por isso que pensei organizar este evento, que tem ajudado aqueles que mais precisam e tem sido um verdadeiro sucesso"
, recordou a gestora hoteleira no início da festa, que teve lugar no Hotel Palácio do Estoril, como já é habitual.


Maria José Galvão de Sousa, Humberto Leal e Gilda Paredes Alves posaram junto das hospedeiras que participaram na Festa da Flor
Maria José Galvão de Sousa, Humberto Leal e Gilda Paredes Alves posaram junto das hospedeiras que participaram na Festa da Flor
Victor Freitas
À chegada, as
toilettes
das senhoras encheram de brilho e
glamour
o Salão Atlântico, decorado por
Dino Gonçalves
para o jantar.


Marta Jiménez e Eduardo da Bernarda
Marta Jiménez e Eduardo da Bernarda
Victor Freitas
Na mesma sala foi ainda entregue, no início da noite, o cheque à associação beneficiada pelo evento, no valor de 18.560 euros, seguido de um desfile de
José António Tenente
.


Isabel Meirelles e Luís Vasconcelos Salgado
Isabel Meirelles e Luís Vasconcelos Salgado
Victor Freitas
Voluntária do Centro da Boa Nova,
Maria do Céu Garcia
faz questão de estar sempre presente neste baile, até porque considera que iniciativas que possam ajudar os outros são de louvar e devem ser reconhecidas, embora neste caso a instituição beneficiada tenha, naturalmente, um sabor mais especial para si.


Vera Salgado, António e Maria do Céu Garcia
Vera Salgado, António e Maria do Céu Garcia
Victor Freitas
"Esta é uma instituição que acarinho e onde tenho o privilégio de ser voluntária"
, declarou, acrescentando:
"Sou muito amiga da Gilda e reconheço o valor e a bondade dela em organizar estes bailes há 11 anos. Esta é a única ocasião em que consigo trazer o meu marido e aqui vingo-me e não paro de dançar
[risos]
."


Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras