Nas Bancas

Maria José Galvão de Sousa

Maria José Galvão de Sousa

João Lemos

A escolha de... Maria José Galvão de Sousa

Aos 55 anos, a antiga professora e atual profissional na área do marketing é frequentemente apontada como um exemplo de elegância nas festas que frequenta.

Joana Carreira
29 de maio de 2011, 19:32

Filha de um médico e de uma escultora, Maria José Galvão de Sousa herdou da mãe o gosto pela arte e desde muito cedo os livros foram a sua grande paixão. Licenciada em Germânicas, deu aulas durante oito anos na Escola Secundária de Vila Real de Santo António, enveredando mais tarde pelo Marketing, área onde continua a trabalhar, sendo agora responsável pela promoção, publicidade e marketing do grupo Mundicenter.
Presença assídua em eventos sociais, na companhia do namorado, Humberto Leal, Maria José prima habitualmente pela elegância, tendo integrado a mais recente lista de candidatas a mais elegantes da CARAS.

O Concerto
Orquestra Portugal/Japão
Realizou-se no Mosteiro dos Jerónimos por ocasião das comemorações dos 500 anos da chegada dos portugueses ao Japão e foi dirigida pelo maestro Graça Moura. Ainda hoje tenho no ouvido os coros.

O Fim de Semana
Hacienda Benazuza
Fica nos arredores de Sevilha e é um hotel perfeito para um fim de semana pelo enquadramento paisagístico, a piscina, os jardins e, sobretudo, a arquitetura, com várias fases e todas elas belas, desenvolvidas à volta dum pátio de colunas tipicamente árabe, datado do século X.

O Livro
"Longo Caminho Para a Liberdade"
Esta autobiografia de Nelson Mandela é um livro de leitura obrigatória pelo exemplo de coragem, convicção, determinação, patriotismo e bondade, num homem que soube mostrar ao mundo o que é a ausência de rancor.

O Restaurante
La Alqueria, Sevilha
Foi uma experiência fantástica de degustação da cozinha do grande chef Ferran Adria. Este restaurante merece as 2 estrelas Michelin que tem pelo ótimo ambiente, serviço e garrafeira de grande qualidade.

A Viagem
Istambul
Pela sua beleza natural, pela combinação de duas civilizações, distintas, e por ter sido a viagem que fiz para comemorar os meus 50 anos. Inesquecível!

O Filme
"A Vida é Bela"
Um drama fortíssimo, uma marca de amor no meio da violência extrema. Eu, que nunca fui mãe, percebi bem neste filme a frase duma carta apócrifa que circula na Net que diz - "quando um filho te agarra o dedo pela primeira vez, tem-no agarrado para a vida".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras