Nas Bancas

Dominique Strauss-Kahn

Dominique Strauss-Kahn

Reuters

Dominique Strauss-Kahn demite-se do cargo de diretor do FMI

A decisão foi avançada em comunicado, onde Strauss-Kahn nega todas as acusações.

Joana Carreira
19 de maio de 2011, 13:24
Dominique Strauss-Kahn
demitiu-se do cargo de diretor do Fundo Monetário Internacional, na sequência das acusações de violação e abuso sexual. A decisão foi avançada através de um comunicado, onde Strauss-Kahn disse já ter informado o conselho executivo do FMI da intenção de abandonar o cargo
"com efeitos imediatos"
.
"Em primeiro lugar estou a pensar na minha mulher, a quem mais amo do que tudo o resto, nos meus filhos, família e amigos. Também penso nos colegas do Fundo - juntos conseguimos realizar grandes coisas ao longo dos últimos três meses"
, pode ler-se no comunicado.


O líder do Partido Socialista francês reafirma ainda a sua inocência:
"A todos quero dizer que nego com a máxima firmeza possível todas as alegações que são feitas contra mim (...) Quero proteger a instituição que servi com honra e devoção"
.


A estação de televisão
CNN
já avançou nomes de possíveis sucessores de Strauss Kahn. Entre eles constam o presidente da Comissão Europeia,
Durão Barroso
, a ministra francesa da Economia,
Christine Lagarde
, e o brasileiro
Armínio Fraga
.


Recorde-se que o pedido de caução no valor de um milhão de dólares foi negado a Strauss Kahn, e este foi transferido para o estabelecimento prisional de Rikers Island. Impossibilitado de deixar os EUA devido à apreensão do passaporte, a defesa pretende agora lançar novas propostas para que Dominique Strauss-Kahn possa sair em liberdade, mediante uma nova fiança do mesmo valor. Os advogados propõem que o ex-diretor do FMI seja transferido para a casa da sua filha,
Camille
, que reside em Nova Iorque, e fique sob vigilância eletrónica, 24 horas por dia.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras