Nas Bancas

Helena Sacadura Cabral

Helena Sacadura Cabral

Pedro Jorge Melo

Helena Sacadura Cabral volta a sorrir

A economista e escritora contou que o filho Miguel teve sempre uma atitude positiva desde que soube, em abril passado, que tinha um tumor maligno no pulmão. A economista está confiante na total recuperação do filho, que agora só tem de fazer análises de rotina.

Joana Carreira
30 de abril de 2011, 10:38

Depois de ultrapassada a doença do filho, Helena Sacadura Cabral volta a sorrir com vontade. A economista e escritora esteve na abertura do espaço SPA Clarins, no El Corte Inglés, em Lisboa, e contou que "agora já está tudo bem" com o filho Miguel Portas, a quem, há cerca de um ano, foi detetado um cancro no pulmão: "Ele foi operado, fez quimioterapia... Felizmente, agora já está bem. Só já tem de fazer aquelas análises de rotina, como toda a gente. Fez umas agora, daqui a três semanas faz outras. Mas os tratamentos já acabaram e só recomeçarão se houver alguma indicação clínica nesse sentido. Esperemos bem que não."
Helena Sacadura Cabral referiu, ainda, como "o apoio da fa-mília, também, foi fundamental" para a recuperação e elogiou a atitude do seu outro filho, o líder do CDS-PP, Paulo Portas, durante todo este processo doloroso para a família: "O Paulo foi espantoso com o irmão. Tenho dois bons filhos e dois irmãos de primeira. É um orgulho."
Apesar de todo o período conturbado que viveu desde que, em abril do ano passado, o eurodeputado do Bloco de Esquerda descobriu que tinha um tumor maligno no pulmão, a economista nunca deixou de ter uma atitude positiva e confiante para com a vida: "A doença do meu filho é outra coisa com a qual tenho de conviver, com toda a boa disposição, que é para não passar más energias para lado nenhum. E o Miguel tem estado, também, e sempre esteve, com uma atitude bastante positiva. Tem a quem sair!"

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras