Nas Bancas

Edição da CARAS Brasil dedicada à morte de Cibele Dorsa foi censurada

Por ordem judicial, a CARAS Brasil foi obrigada a retirar do seu site o conteúdo da carta da atriz e o nome de Doda Miranda. A edição impressa da revista foi hoje para as bancas com tarjas pretas, como na época da censura militar

Pedro Amante
30 de março de 2011, 16:10

Por ordem judicial, a Revista CARAS Brasil e o seu site foram impedidos de continuar a divulgar todos os termos da exclusiva cobertura sobre a morte da atriz e escritora Cibele Dorsa, que, aos 36 anos, se atirou do 7.º andar onde vivia, em São Paulo.

O site da CARAS Brasil, o único a receber as mensagens de Cibele minutos antes de seu trágico final, teve de retirar todas as mensagens, na íntegra, na manhã desta terça-feira, dia 29. A edição impressa da revista, que chegou hoje às bancas, está com tarjas pretas, como na época da censura militar, uma vez que o material já estava em processo de impressão quando a ordem judicial chegou à editora, pedindo que o nome de Doda Miranda, ex-companheiro da atriz e atual marido de Athina Onassis, ao qual a atriz se referiu nas suas mensagens, não fosse mencionado.

Devido a isso, a CARAS Online, que semanalmente publica na internet o conteúdo da revista impressa de acesso livre e gratuíto, não pode reproduzir a matéria de capa da revista, "Cibele Dorsa, 36 anos - A atriz que morreu por amor", que faz um balanço da vida, tragédias pessoais e da morte, por amor, daquela que era chamada "a Cindy Crawford brasileira".

A CARAS Brasil refere que "por acreditar na plena liberdade de expressão contida na Constituição Federal brasileira, e em respeito a seus leitores e internautas, continuará a publicar os textos e o nome que foi obrigada a retirar e impedida na sua edição impressa de mencionar, apresentando os recursos competentes".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras