Nas Bancas

Anabela

Anabela

Tiago de Paula Carvalho

A escolha de... Anabela

Aos 12 anos ganhou A Grande Noite do Fado e aos 15 o Festival da Canção. Após longos anos a fazer teatro musical, lançou um CD de tributo à música ligeira portuguesa dos anos 50, 60 e 70.

Joana Carreira
13 de março de 2011, 19:15

De seu nome completo Anabela Braz Pires, há muito que dá apenas pelo nome próprio. Anabela, de 34 anos, começou a cantar aos oito, em festivais infantis, e aos 12 saiu vitoriosa numa prova bem exigente: A Grande Noite do Fado. Mas o seu gosto musical é eclético e, como tal, o seu percurso tem abordado vários géneros. Depois de vencer o Festival RTP da Canção em 93 com A Cidade (Até Ser Dia), representando Portugal na Eurovisão, em 96 estreou-se no teatro musical, pelas mãos de Filipe La Féria, com o qual trabalhou durante vários anos. Em 2010, lançou o seu sexto álbum, Nós, em que reinterpreta temas da música ligeira portuguesa dos anos 50, 60 e 70, e que está a apresentar em digressão pelo país. A 4 de março estará no Teatro Aberto, em Lisboa.

A Viagem
Pipa
No nordeste do Brasil, Pipa é uma vila muito pequena, mas com bastante animação noturna. As praias são maravilhosas e a água tem uma temperatura ótima. O pôr-do-sol é magnífico e também se come muito bem. Praia, sol, água de coco, caipirinhas, caminhadas e boa comida...

O Restaurante
Solar dos Presuntos
Em Lisboa. Come-se divinamente, tem ótimo ambiente e muita simpatia! Destaco: polvo à lagareiro, pataniscas de bacalhau com arroz de feijão e cabrito assado no forno.

O Livro
"Como Água para Chocolate"
De Laura Esquivel. É um dos romances mais surpreendentes que li. É absolutamente cativante e envolvente. Toda a trama narrativa roda em torno da cozinha e de certos elementos culinários, misturando-se com a história de amores proibidos, risos e prantos.

O Filme
"Cinema Paraíso"
De Giuseppe Tornatore, com música de Ennio Morricone. É uma obra-prima do cinema e conta a história de um jovem na Itália do pós-guerra e o seu fascínio pelo cinema. É um filme apaixonante, belo, afetivo, do qual ressalta uma relação de amizade entre o proprietário do cinema e o pequeno Totó.

A Cidade
Barcelona
É uma cidade linda! É a sintonia perfeita entre a arquitetura moderna e a mais antiga, uma combinação de neoclássico e arte nova. Barcelona tem cultura, bom gosto, moda, modernidade e é extremamente organizada e civilizada. E tem mar! É obrigatório visitar as obras majestosas de Gaudí: La Pedrera, a Sagrada Família, a casa Battló...

O Cd
"Nós"
O meu novo CD, Nós, tributo ao melhor da nossa música ligeira dos anos 50, 60 e 70. Destaco um tema de que gosto muito, Lisboa à Noite, que foi celebrizado por Milú nos anos 50.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras