Nas Bancas

Michael Douglas e Catherine Zeta-Jones

Michael Douglas e Catherine Zeta-Jones

Reuters

Michael Douglas defende Catherine Zeta-Jones

A atriz foi agredida por um fotógrafo à entrada de um hotel em Londres, esta quinta-feira, dia 24, e o ator não hesitou em defender a mulher.

Andreia Guerreiro
26 de fevereiro de 2011, 11:37

No mesmo dia em que foi distinguida pelo príncipe Carlos com a insígnia de Comandante da Ordem do Império Britânico , pelo seu contributo para a indústria cinematográfica e pelo seu empenho em ações de solidariedade, Catherine Zeta-Jones viveu momentos difíceis à entrada de um hotel em Londres. A atriz, de 41 anos, que se fazia acompanhar pelo marido, Michael Douglas, de 66, terá sido agredida por um dos fotógrafos que aguardava a chegada do casal à porta do edifício.

Segundo a imprensa internacional, já no hall de entrada do hotel, Zeta-Jones começou a gritar: "Ele bateu-me! Ele bateu-me! Quero a polícia aqui, agora!". E, apesar de o casal estar rodeado de seguranças, terá sido o próprio Michael Douglas a sair em defesa da mulher, ao voltar atrás para procurar o agressor, que terá empurrado por duas vezes.

Michael Douglas e Catherine Zeta-Jones estão casados desde novembro de 2000 e têm dois filhos em comum, Dylan e Carys, de dez e sete anos, respetivamente. Os últimos meses têm sido de muitas emoções para o casal, uma vez que, em agosto do ano passado, o ator anunciou publicamente que sofria de cancro da garganta. Já no início de janeiro, Michael Douglas afirmava que o tumor tinha desaparecido, depois de ter enfrentado cerca de seis meses de tratamentos de quimio e radioterapia.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras