Nas Bancas

Virgínia d'Almeida Gerardo: Operação ao pé impede advogada de dançar

"Esta é a primeira vez que saio desde a cirurgia."

Andreia Guerreiro
22 de fevereiro de 2011, 10:23

Apaixonada por danças de salão, sobretudo tango, Virgínia d'Almeida Gerardo confessa que o que mais lhe tem custado é não poder dançar, e estar impedida de o fazer durante pelo menos mais dois meses. "Tenho saudades sobretudo de dançar, mas não deixo de organizar as aulas de tango em minha casa. Não danço, mas divirto-me na mesma, porque também gosto de ver os outros a dançar, embora confesse que, por vezes, me dá vontade de saltar para o meio do salão..."

Virgínia dAlmeida Gerardo e Flávio Carmelo
Virgínia d’Almeida Gerardo e Flávio Carmelo
CARAS
A advogada, de 59 anos, foi operada recentemente a um neuroma de Morton que lhe estava a afetar a qualidade de vida e, estando ainda em recuperação, não quis faltar à apresentação do Algarve SPA Week.
"Faz hoje um mês que fui operada... É a primeira vez que vou a um evento depois da cirurgia"
, revelou à CARAS, acrescentando:
"Tive de ganhar coragem e ser operada, porque a inflamação estava a dificultar-me o andar há já alguns meses. Agora já falta pouco para voltar a pôr uns saltos altos!"


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras