Nas Bancas

Madalena e António Capucho

Madalena e António Capucho

Natacha Brigham

António Capucho suspende mandato e conta com o apoio da mulher, Madalena

O presidente da Câmara Municipal de Cascais suspendeu o mandato no dia 28 de janeiro por razões de saúde que não quis especificar, mas garantiu não serem graves.

Joana Carreira
15 de fevereiro de 2011, 09:28

Quatro dias depois de ter suspendido o seu mandato enquanto presidente da Câmara Municipal de Cascais, António Capucho e a mulher, Madalena, estiveram presentes na 11.ª Gala do Desporto de Cascais. A ocasião serviu para o autarca explicar as razões da sua decisão: "Vou precisar de descansar durante uns tempos e foi isso que impôs a minha retirada. Não quero especificar nada, pois não tem relevância de maior, mas exige descanso, pois a atividade de um presidente de Câmara é muito desgastante e já não tenho idade para correr riscos. Nos termos da lei, posso voltar em qualquer altura, depende da evolução do meu problema. Há nove anos que não tinha férias e vou aproveitar para estar mais com a família e dedicar-me a ela."
A seu lado incondicionalmente há 50 anos, Madalena Capucho garantiu que tudo fará para que o marido cumpra à risca as ordens do médico: "Agora vamos passar mais tempo juntos, mas não acredito que ele esteja sem fazer nada a tempo inteiro. Lá estarei para o relembrar que tem de repousar. Já este verão apanhei um susto e ele tem mesmo de descansar. A saúde está em primeiro lugar e sei que assim que ele estiver restabelecido voltará, pois não sabe estar sossegado."

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras