Nas Bancas

VÍDEO: Miguel e Stéphanie Capucho partilham o seu segredo: "Fazermos frente aos problemas como casal é a nossa maior prova de amor"

Casados há dez, Miguel e Stéphanie garantem que todos os dias fazem por serem felizes e que a perda do filho Thiago, com apenas um mês de vida, os tornou mais fortes enquanto casal.

Joana Carreira
9 de fevereiro de 2011, 15:20

Conheceram-se na universidade e o que começou por ser uma bonita amizade rapidamente se transformou numa história de amor. Miguel e Stéphanie Capucho, de 36 e 34 anos, respetivamente, estão juntos há 14 anos, dez dos quais casados. Dois anos depois de terem formalizado a sua relação, foram pais dos gémeos Thomas e Thiago, mas ao fim de um mês sofreram a dor de ver partir o segundo, devido a uma hipoplasia do ventrículo esquerdo. Oito anos depois, o fadista e a mulher voltaram a ser pais de um rapaz, Martin, agora com um ano. A felicidade que vivem hoje não apaga a maior perda das suas vidas.
Habituados a aproveitar todos os momentos disponíveis para estarem em família, Miguel e Stéphanie aceitaram o convite da CARAS, da Seat e da Velasmooth Pro para passarem um fim de semana na Serra da Estrela. A ocasião proporcionou a primeira entrevista do casal sobre a forma como lidam com a perda de um filho.

VÍDEO: Miguel e Stéphanie Capucho partilham o seu segredo: "Fazermos frente aos problemas como casal é a nossa maior prova de amor"
Mike Sergeant

- Passaram oito anos desde que perderam o Thiago. Como têm enfrentado essa dor?
Miguel Capucho -
Nunca falámos sobre isso e faço-o agora para que, de certa forma, possa servir de ajuda a alguém que esteja na mesma condição. É a maior perda de todas e tempo algum apagará essa dor, mas há, obviamente, mecanismos que nos podem ajudar. Embora o Thiago não esteja cá fisicamente, sentimos que temos três filhos. Talvez pensar assim nos ajude... A vida tem coisas estranhas, inexplicáveis...


- Há casais que passam por situações semelhantes e acabam por se separar, por não suportarem essa perda. No vosso caso, uniram-se ainda mais...

-
Esta questão acabou realmente por criar uma união muito forte entre nós os dois. Já passámos por muitas coisas juntos e, se pensarmos sobre elas, tornamo-nos mais fortes, tolerantes e unidos. Em momentos de fraqueza temos uma força sobrenatural e quase impossível de destruir. Perante uma decisão como a que tomámos, de ter força perante a perda do nosso filho, qualquer outra coisa que surja não irá, com certeza, abalar-nos.


- Passaram, então, a relativizar algumas coisas...

-
Sim, e a verdade é que cada vez que nos deparamos com um problema, não o vemos dessa maneira, mas sim como algo natural que iremos resolver e ultrapassar.

Stéphanie -
Os problemas do dia-a-dia não são nada comparado com o que passámos e para mim é ainda muito difícil falar sobre isso.


- O Thomas tem conhecimento?

Miguel -
Ele é uma pessoa muito divertida e animada, mas sei que sente falta de algo, pois adora estar acompanhado. Ele sabe que tem um irmão no céu, que é uma estrela e têm uma relação muito engraçada, nada pesada... A chegada do Martin também o veio ajudar a viver um irmão na realidade. De qualquer forma, nunca se esquece que tem um irmão no céu.

VÍDEO: Miguel e Stéphanie Capucho partilham o seu segredo: "Fazermos frente aos problemas como casal é a nossa maior prova de amor"
Mike Sergeant

- Quando souberam que iam ser pais novamente, tiveram algum receio?

Stéphanie -
Um pouco, mesmo sabendo que tudo estava bem, sempre tive algum receio. Fomos muito bem acompanhados e felizmente correu tudo bem.

Miguel -
Soubemos da doença do Thiago três meses antes de ele nascer e, apesar de termos desenhado todos os cenários possíveis, não estávamos preparados para o desfecho. Por isso, e apesar de nos terem dito sempre que tudo estava bem com o Martin, só ficámos descansados quando ele nasceu.


- Oito anos depois de se terem estreado como pais, como é voltar a ter um bebé em casa?

Stéphanie -
Custa imenso voltar ao início, mesmo querendo muito outro filho. O Thomas também pedia um irmão, mas há sempre uma fase de adaptação para todos.

Miguel -
Julgo que a grande diferença é que ficamos cansados mais rapidamente. Mudar uma fralda já custa [risos].

VÍDEO: Miguel e Stéphanie Capucho partilham o seu segredo: "Fazermos frente aos problemas como casal é a nossa maior prova de amor"
Mike Sergeant

- Apesar de pedir um irmão, o Thomas não teve ciúmes?

Stéphanie -
No primeiro mês teve de se adaptar, mas agora ajuda imenso e é preocupado com o irmão.

Miguel -
Julgo que o maior receio dele era o de perceber onde iria encaixar-se e de que forma não perderia o seu espaço. Julgo que conseguimos gerir tudo muito bem e tem sido muito tranquilo.


- Cuidar do Martin é uma tarefa partilhada?

Stéphanie -
Sim, temos tarefas que já estão delineadas e cada um cumpre com a sua. Um tem mais jeito para uma coisa e outro para outra e corre tudo muito bem.

VÍDEO: Miguel e Stéphanie Capucho partilham o seu segredo: "Fazermos frente aos problemas como casal é a nossa maior prova de amor"
Mike Sergeant

- Com tantos afazeres, onde arranjam tempo para estar a dois?

Miguel -
É sempre complicado, ainda para mais quando se tem filhos. Mas tentamos sempre, mesmo que estejamos em família, como neste fim de semana, ter algumas atenções um com o outro.


- Estando juntos há 14 anos, e com todas as dificuldades que passaram, qual julgam ser o segredo para o sucesso da relação?

-
Vejo imensos amigos meus a desistirem do casamento rapidamente e parece que não têm noção do que é esta união. É uma prova de força e de vida entre um casal, nos bons e nos maus momentos. Somos como todos os casais, também discutimos, mas julgo que a cedência continua a ser uma peça fundamental. Claro que é mais fácil virar as costas do que enfrentar um problema. Fazermos frente aos problemas como casal é a nossa maior prova de amor.


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras