Nas Bancas

users_0_17_madonna-57aa.jpg

Madonna enfrenta processo judicial contra a família biológica de Mercy James, sua filha adotiva

Os familiares da menina, de três anos, alegam que a cantora nunca os deixou ver a filha depois de terminado o processo de adoção.

Joana Carreira
8 de fevereiro de 2011, 16:26
Madonna
volta a ter problemas com a família biológica de
Mercy James
. Desta vez, os familiares da menina, de três anos, decidiram apresentar uma queixa ao Comité de Liberdades Civis alegando que a cantora nunca os deixou ver a criança depois de terminado o processo de adoção.
"A família de Mercy está muito chateada porque lhes disseram que podiam ver a menina e ter contacto regular com ela, e quando fosse adulta poderia regressar ao Malawi para viver com eles"
, afirmou
Emmie Chanika
, diretor do Comité.

De acordo com Chanika, houve um acordo verbal entre Madonna e a família biológica que não estava a ser respeitado, por isso os familiares recorreram à justiça
: "Estou a preparar uma carta para o advogado de Madonna, Alan Chinula, a pedir amavelmente que deixem Mercy conhecer a família biológica. Nenhum de nós quer um confronto judicial caro e embaraçoso, que humilhe ou aborreça a cantora"
, explicou.

Esta situação surge no decorrer de um conflito entre a artista e as autoridades do Malawi, pois, ao que parece, a rainha da
pop
não consultou o governo do país relativamente à mudança de planos na construção de uma escola para raparigas.


Recorde-se que Mercy James foi adotada em junho de 2009, depois da mãe desta, de 14 anos, ter morrido durante o parto. Além de Mercy, Madonna adotou também
David Banda
, de quatro anos, em 2008, no Malawi.


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras