Nas Bancas

VÍDEO: Nos bastidores de uma produção exclusiva com Bárbara Guimarães

A apresentadora, que foi mãe de Carlota Maria em outubro de 2010, está de regresso ao trabalho com o programa da SIC 'Portugal Tem Talento'.

Jorge Martins
2 de fevereiro de 2011, 13:32
VÍDEO:

Jorge Martins


Bárbara Guimarães
vive uma das fases mais plenas da sua vida. A 10 de outubro, a apresentadora e
Manuel Maria Carrilho
viram a sua família crescer com o nascimento de
Carlota Maria
, que veio juntar-se a
Dinis Maria
, o filho mais velho do casal, que completa sete anos a 30 de janeiro. A par de uma vida familiar feliz, Bárbara também atravessa um excelente período a nível profissional, com a apresentação do programa
Portugal Tem Talento
, que tem estreia marcada para o dia do aniversário do seu filho.

Nas gravações deste novo formato, Bárbara está muito próxima do público e dos concorrentes, o que lhe vai permitir partilhar com os portugueses o seu lado menos formal e mais descontraído.

Foi durante uma produção no Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, onde em fevereiro vai contar a ópera
Gianni Schicchi
, de
Giacomo Puccini
, que a apresentadora partilhou com a CARAS como é que tem vivido as mais recentes mudanças na sua vida e os seus segredos para recuperar tão rapidamente a boa forma física.


- Acredito que contar uma ópera lhe cause muito mais ansiedade do que, por exemplo, fazer um direto para a televisão...

Bárbara Guimarães
- São coisas bem diferentes... Mas gosto e faço por ter desafios dentro e fora da televisão. Que se não causarem alguma ansiedade, não são desafios! Vai ser a segunda vez que piso o palco do São Carlos, a primeira foi para apresentar, com
Pilar del Río
, As
Intermitências da Morte,
de [
José
]
Saramago
. E vai ser uma boa experiência, tenho a certeza.


- Entretanto também já terminou a sua licença de maternidade e voltou à televisão. Foi difícil regressar ao trabalho quando se tem um bebé de três meses?

- Voltei com vontade, e tenho tido a Carlota bem perto de mim. Os primeiros meses de um bebé passam sempre a correr, as mães que o digam! Parece-nos sempre que ainda ontem estava a nascer!


- Sente que é um desafio constante conciliar os papéis de mulher e de mãe com o de profissional?

- Sinto que temos de ser umas atletas! É uma maratona que não tem fim. Gerir bem o tempo e usá-lo da melhor maneira não é fácil, mas é possível. A minha preocupação não só é passar muito tempo com os meus filhos, como também que seja um tempo especial, com qualidade.


- Como é que estão a correr as gravações de Portugal Tem Talento? É um formato aliciante para si?

- É um belíssimo formato. Qualquer pessoa, de qualquer idade, com qualquer talento, pode estar no nosso palco. Nós damos palco a quem tem sonhos. Não me lembro de nenhum programa que seja tão eclético como este, que nos traz constantemente novas surpresas.


- Nesta fase de audições, a Bárbara está na rua com o público e os concorrentes. Gosta deste contacto mais direto com as pessoas?

- Sempre gostei. Vivo com alegria as gravações que fazemos na rua, em Braga foi espetacular, todos se metiam connosco, muita conversa, muito boa disposição. Foram dias de gravações intensas, mas muito compensadoras. Portugal tem talento!


- Já quando apresentou a Gala de Natal da SIC era notória a sua boa forma física. Qual é o segredo para recuperar tão rapidamente a elegância?

- A chave dos segredos é guardá-los! A verdade é que ainda estou a recuperar, demora sempre, mas isso não me inquieta, faz parte.


- Mas de certeza que tem tido alguns cuidados para perder o peso que ganhou durante a gravidez...

- Sinto que comecei a perder mais peso depois de ter voltado ao trabalho. E só o esforço físico que é necessário para cuidar de duas crianças ajuda a que o nosso corpo volte ao lugar! E amamentar também ajuda, claro. Durante a gravidez engordei cerca de 15 quilos, já perdi 12 e ainda me faltam perder aqueles últimos, que são os mais difíceis de perder, como todas as mulheres que foram mães sabem. Contudo, isso não é de todo uma grande preocupação.


- A Bárbara sempre soube quais eram, e são, os seus talentos?

- Acho que ainda não os descobri... quem sabe, se neste programa não se faz luz?!


- Um talento que tem, com certeza, é o de ser mãe...

- Acho que não existe um tipo de mãe A, B ou C, sei é que os quero bem educados, e que isso exige muito, mas muito mesmo, dos pais.


- Como têm sido estes primeiros três meses da Carlota?

- Muito intensos, estamos todos a conhecer-nos! É maravilhoso voltar a viver esta magia da vida.


- É muito diferente ser mãe de uma menina?

- O guarda-roupa é mais tentador! A Carlota tem sido uma bebé muito bem-disposta e risonha. Ela gosta muito de andar de colo em colo.


- Sente que agora, que foi mãe pela segunda vez, já tem outra maturidade e serenidade para lidar com um bebé?

- Estou muito mais prática, menos ansiosa e mais descontraída.


- A maternidade tem-na ajudado a descobrir uma Bárbara diferente?

- A vida muda imenso, torna-se muito preenchida, muito intensa. É tão bom quando olho para os meus filhos, ela a palrar para ele, ele a dar-lhe conversa... nesses momentos o tempo para e ficamos todos ali, sem tempo...


- Como é que o Dinis se adaptou à irmã?

- Lindamente, é muito doce com ela.


- Após quase dois anos em Paris como embaixador de Portugal na UNESCO, o seu marido regressou definitivamente a Portugal. Foi importante para si ele voltar a casa e acompanhar de perto os primeiros meses da Carlota?

- Foi ótimo, não estava à espera, mas ter a família junta é outra coisa, é outra vida!


- Falta-lhe alguma coisa para ser uma mulher plenamente realizada?

- Não sei o que é estar plenamente realizada, mas sei o privilégio que é ter um trabalho de que se gosta e uma família que se ama.


- Está nos vossos planos ter mais filhos? Ou a família fica por aqui?

- Deixemos ao tempo o que só ele na verdade decide... Mas, de momento, a ideia é ficar por aqui.


TEXTO:

Marta Mesquita


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras